Mangaio: existe comida excelente para além dos holofotes

8 de junho de 2015 § 11 Comentários

mangaiotopo

Alguns dias após a publicação do artigo O Triste Fim do Cozinheiro que Virou Empresário na minha coluna de Gastronomia do Jornal A Tarde, recebi um e-mail muito amável de alguém chamado Sandoval Medeiros. Ele teria se identificado deveras com aquele conteúdo e escreveu para me agradecer (não disse que ele é amável?).

Trocamos alguns e-mails, mas o assunto dava caldo e ele acabou me convidando para jantar em seu pequeno restaurante, o Mangaio Gourmet, localizado num pequeno shopping chamado Alpha Mall nas imediações dos condomínios Alphaville e Le Parc.

E lá fui eu alguns dias depois, sem maiores expectativas a não ser conhecer gente nova, tomar um vinho e falar sobre o assunto. Mas eis que o cozinheiro que virou empresário me preparou um menu degustação incrível, que não deixou absolutamente nada a desejar com relação aos melhores restôs da cidade. Uma gratíssima surpresa.

Desde o momento em que coloquei o pé direito para dentro me senti em casa, graças à acolhida carinhosa do Sandoval e sua esposa não menos gentil, a Almerinda. Quando dei por mim já estava instalada me refrescando com um espumante gelado e me deliciando com a história daquele casal de vida inteira, ambos funcionários públicos de Educação, em paralelo ao seu empreendimento gastronômico.

O Sandoval contou que sempre foi apaixonado por gastronomia, a ponto de evoluir do auto-didatismo para um curso numa escola em Flores da Cunha (RS), uma parceria entre UCS (Universidade Caxias do Sul) e ICIF (Italian Culinary Institute for Foreigners), que segundo ele trata-se de uma das melhores estruturas de ensino de gastronomia do Brasil.

Depois de atuar um bom tempo como personal chef, ele resolveu abrir o Mangaio. O restaurante funciona para o almoço esquema a peso e à noite a la carte, com sua presença na cozinha, aliás, e que cozinha! Forno combinado, pias de pedal, câmara quente, máquina de gelo, e um sem fim de equipos que raramente vejo em restaurantes até mais estruturados. Tudo em nome da paixão do cabra.

E felizmente o seu acervo de brinquedinhos não existe em vão. O Sandoval lança mão de toda a sua estrutura transformando o seu investimento em acabamentos, texturas e sabores muitíssimo bons. Ao menu!

E quanta generosidade ao dividir o seu conhecimento, técnicas, canais e fornecedores! Saí de lá cheia de anotações e contatos; rica, riquíssima. Sem falar no melhor dos presentes: acho que ganhei um amigo. Pense numa pessoa querida, que dá vontade de por no colo.

mangaio7

Na página Mangaio Gourmet do Facebook, o povo de Salvador pode acessar mais informações sobre o cardápio e preços da casa, além do menu especial de Dia dos Namorados, que eu achei lindão.

Coisa linda é um cozinheiro apaixonado.

§ 11 Respostas para Mangaio: existe comida excelente para além dos holofotes

  • Anamaria Rossi disse:

    Olá. Cheguei aqui vasculhando a internet sobre blogs de cozinha. Gostei do seu blog e do seu jeito de ver a cozinha. E me identifiquei inteiramente com o texto sobre o triste fim do cozinheiro que virou empresário. Por isso estou escrevendo.
    Sou jornalista há 25 anos e cozinheira (formada na Espanha) há cinco. Por duas vezes deixei o jornalismo pela cozinha. Na primeira, consegui montar um ateliê pequeno, no formato que eu conseguia administrar sem “virar empresária”, mas – como era de se esperar – não consegui sobreviver. Era feliz, mas não pagava as contas. Voltei ao jornalismo. E recentemente deixei mais uma vez minha primeira profissão decidida a montar um negócio que “funcionasse” financeiramente. Voltei à Espanha para fazer estágio num restaurante grande. E, na segunda semana, consegui ver claramente o que me esperava como cozinheira-dona-de-restaurante: exatamente o que você descreve em seu texto. Resultado: desisti de montar um restaurante. E aconteceu algo incrível: sem o estresse pré-empresarial, estou cozinhando muito melhor, criando pratos mais interessantes e fazendo o arroz-com-feijão mais feliz da minha vida! Não sei se a incapacidade de conciliar as duas atividades é minha ou se essa conciliação é apenas uma utopia. Mas sei que, aos 47 anos, vou preservar minha paixão pela cozinha e pela boa comida abrindo mão de ser uma empresária da cozinha. Seguirei cozinheira amadora (e amante) e jornalista profissional. Quem sabe ainda não consigo unir estas duas paixões num projeto diferente?
    Virei aqui vez em quando.
    Abração,
    Anamaria.

    Curtir

  • Mirian disse:

    Quando leio seus posts sobre visitas à restaurantes fico viajando em pensamentos de como eu queria uma experiencia assim, bem sucedida. Ai em Salvador, por enquanto, não será possível pois, estou em Goiânia, e aqui eu nunca tive uma boa experiencia. Os restaurantes ditos “bons” nunca passaram de atendimento ruim, são caros e com cardápio nada animador. O negócio aqui é bar com som alto, petiscos e musica sertaneja.

    Curtir

  • Lela disse:

    Katita, parece mesmo ser uma delícia…Nem sempre os lugares mais badalados são os melhores, né? Muitas vezes é muuuito nome para pouca qualidade. Que bom que vc de quebra ganhou um amigo, isso vale ainda mais. O Sandoval parece mesmo ser um fofo, todo dedicado e gentil. beijo!!!

    Curtir

  • Kelly disse:

    Ah! Katita… Que vontade de ir lá! Mas estou muuuuuuito longe! Amei!

    Curtir

  • Bruno S A Nascimento disse:

    Conheço bem o Mangaio, aliais posso afirmar que conheço bem os pratos fantásticos de lá, mas não achei que alguém saberia retratar com tanta perfeição o sentimento daquele restaurante. Parabéns Katia, parabéns Sandoval, parabéns Salvador por ainda ter espaços como esse para uma boa leitura, assim como este excelente restaurante que não deixa a desejar em nada aos badalados mais famosos.

    Curtir

  • Danilo Alvim disse:

    Parabéns pela matéria sobre o Mangáio e Sandoval Madeiros. A sua percepção é bem realista, pois frequento o restaurante e tenho o privilégio de desfrutar a amizade de Sandoval e tudo o que foi dito sobre ele e sua competência gastronômica é de uma fidelidade ímpar.
    Recomendo o medalhão de filé mignon com fughi secci.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Mangaio: existe comida excelente para além dos holofotes no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: