Camarões flambados no dip de abacate

13 de agosto de 2014 § 17 Comentários

piteu

Não que os camarões tenham sido flambados NO dip, até porque o dip é uma espécie de pastinha para acompanhar torradinhas, grissinis e coisas que tais; é que estes camarões, depois de flambados no conhaque vão repousar no delicioso e fresco dip de abacate.

Não se prenda a receitas na hora de fazer um dip porque não precisa. Trabalhe com o que tem e solte a sua criatividade.

O de abacate lembra o guacamole, com a diferença que o dip é mais consistente (o guacamole é molho, o dip é pasta) e você pode pirar mais, que o dip não é instituição como o guacamole.

Tão fresco e tão bom de trabalhar o abacate! E o casamento com o camarão… 

Na aula Festival de Camarão da minha escolinha, esta foi a entradinha, e para mostrar que não há regras para o dip, dispus vários ingredientes sobre a mesa e o grupo foi decidindo o que entraria no nosso dip. Adoro trabalhar assim, estimulando-os a tomar decisões e assumir responsabilidades juntos em benefício do produto final, assim eles cedem nos excessos e topam experimentar novos formatos. As descobertas são sempre louváveis, como aqui.

Amassamos a polpa de um abacate muito macio e fomos somando as raspas da casca e o suco de 1/2 limão mirim, azeite de oliva extravirgem para deslizar, 1 pimenta dedo de moça e pedacinhos de pimentões coloridos ao menor brunoise possível (corte em cubinhos mínimos), aveludamos com creme azedo, e finalmente acertamos o sal.

O creme azedo faz meia hora antes e deixa na geladeira para encorpar: 1 caixinha de creme de leite + suco de meio limão, bem misturado com um pequeno fouet, mixer ou até mesmo um pequeno garfo. Ele é opcional nessa receita, até porque o abacate tem uma textura incrível, mas posso garantir que fica ainda melhor. A quantidade você vai decidindo enquanto vai incorporando.

Leve o dip à geladeira e vá preparar os camarões. Escolha camarões grandes proporcionais ao formato do recipiente que vai acomodá-los. Escolha camarões de bigodes firmes, e se tiverem cheiro forte não estão frescos o suficiente. Lave-os com casca numa bacia com gotas de limão e escorra logo para não encharcá-los. Escorra-os bem, e pode até envolvê-los em papel toalha para diminuir o risco de soltarem água, para que a panela esquente bastante e favoreça o milagre do fogo na hora de flambar.

Tempere os camarões (compre por unidades, a depender de quantos petiscos precise) com sal, pimenta em grãos e alho pilados, coloque uma frigideira inox ou teflon regada com óleo de sua preferência, e quando estiver bem quente, vá colocando os camarões aos poucos. Se a panela estiver cheia e não estiver quente o suficiente, não flamba. Deitados os camarões,vá salteando-os, movimentando a frigideira sob o fogo pelo cabo, jogando-os para cima como quem faz malabarismo. Basta que fiquem rosados e estarão tenros por dentro. Hora de tacar fogo. Basta inclinar a panela, encostando a sua extremidade no lume, mirar o jato da bebida bem naquele ponto, e dar-se-á o milagre do fogo, flambando os camarões, promovendo a comunhão de todos os sabores pela mão do conhaque, saborizando ainda mais a coisa toda.

Pronto. Agora é deitar o dip no recipiente que for usar (pode ser colheres comuns, de louça, e até descartáveis padrão coquetel, ou mesmo tigelas, travessas, pratos) e repousar sobre ele os deliciosos e suculentos camarões flambados.

Essa entradinha é matadora, prometo.

§ 17 Respostas para Camarões flambados no dip de abacate

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Camarões flambados no dip de abacate no Pitéu.

Meta

%d blogueiros gostam disto: