Romântica verdinho retrô

10 de julho de 2014 § 69 Comentários

mk

Quando eu sumi nos últimos meses e cheguei a perder o meu domínio aqui do blog, e com isso, boa parte dos meus leitores, estava atravessando uma fase muito difícil, onde tudo aquilo que estava me acontecendo me parecia tão injusto que a minha vontade era de largar tudo e antecipar a minha mudança para o mato, agendada para a terceira idade.

No que diz respeito à minha cozinha, A Pequena Escola de Culinária da Katita ia de vento em polpa, bem como os grupos agendados para pequenas celebrações aqui em casa, minha agenda de festas cuja pré-produção é feita aqui na cozinha, enfim, era uma boa fase, quando um tubo estourou aqui no prédio e se fez urgente urgentíssima a troca da última torre com tubulação hidráulica de barbará que ainda havia aqui. Todos os compromissos agendados que garantiriam o pagamento das minhas contas caíram, e não apenas isso, cairiam também os meus azulejinhos, minha parede amarelo-gema e todo o meu projeto de bancada de trabalho, que compuseram o cenário de uma cozinha uma muita história aconteceu. E foi justamente aí que eu encontrei o meu consolo.

mk2

Era hora de mudar. De mudar de ares, de cores, de aceitar tudo aquilo que estava acontecendo. Deveria haver uma razão, um bônus pós ônus, ou não. O fato é que eu precisava reagir, mas e a coragem? Quem mo daria? E foi um processo lento. A restauração da cozinha nem era tão complicada assim, mas eu estava descapitalizada e, o pior, desenergizada. Não cheguei a deprimir, porque não sou mulher de deprimir, mas foi mais um recomeço a passos miúdos e lentos. Um dia de cada vez, uma coisa de cada vez, sempre abrindo as janelas todo santo dia, deixando o sol entrar, me apegando com esse calorzinho aqui, um canto de passarinho ali, uma carta de tarot alhures, um mergulho acolá, e finalmente, ao meu projeto de fazer terapia, um dos muitos ganhos no meio do tufão que passou por aqui e derrubou tudo.
mk8
mk6

Mas o fato é que a minha cozinha está pronta para reabrir as suas portas para a escolinha, para pequenas celebrações, e como suporte para os eventos que faço por aí afora. Aquela nuvem plúmbea e carregada, eu assoprei para bem longe, e fez-se sol de novo aqui, pleno inverno.

Bem-vindos! ❤

§ 69 Respostas para Romântica verdinho retrô

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Romântica verdinho retrô no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: