Salvador, 09 de janeiro de 2014

24 de outubro de 2013 § 30 Comentários

Queridos pitéus,

Como vão vocês? Já pressionados pelo fatídico movimento de final de ano? Eu tô.

Descobri que o meu inferno astral começa dois meses antes do meu aniversário, porque veja bem, penso que o inferno astral seja aqueles últimos dias, antes do reveillon pessoal, da virada de ciclo, que é o aniversário da gente. No meu caso, esta virada de ciclo coincide com o final do ano, ali quando a energia do mundo fica muito mexida pelo cansaço e novas expectativas em torno do novo ano que se inicia; é quando estou no limite do cansaço, vulnerável pelo deficit de energia, e tudo fica fatalmente mais difícil, o que potencializa o meu cansaço, trazendo esse inferno astral antes da hora. Mais do que uma configuração astral, o meu inferno é físico.

A minha agenda está praticamente fechada até 8 de janeiro de 2014, e a sensação é de que 2013 já acabou. Foi um ano importante, mas dificílimo de dar conta. Isso porque eu me meto em um sem-fim de coisas, e mais uma vez me deparo com um enorme dilema: para onde ir? Sim, porque se eu fosse apenas uma cozinheira com habilidade para doces, por exemplo, eu poderia focar naquilo, me especializar naquilo, fazer cursos fora sobre aquilo, desenvolver aquilo, vender aquilo, ganhar dinheiro com aquilo, sossegar naquilo, aquilo seria muito mais fácil, mas também poderia enjoar daquilo, sagitariana que sou. Mas não. Uma hora gravo webserie, outra faço festa, outra curadoria, outra consultoria, dou aula em casa, desenvolvo projetos, não dou conta de atualizar e publicizar o meu trabalho na rede, não dou conta de compilar meus escritos para um possível livro novo, não dou conta do piquenique com meu filho.

Mas como é que foca? E foca no quê, se gosto de tudo isso? E se focar, como administrar o desejo latente pelo que ficou desfocado? É esse o meu momento. Já vivi dilemas sobre o mesmo tema, mas nunca de forma tão definitiva. Tipo… chegou a hora mesmo. E aí?

Tentando passar tudo pela peneira 2014, tenho as seguintes certezas: preciso continuar escrevendo; não preciso fazer tevê; adoro curadorias para arte e cultura; adoro consultorias para pequenos restaurantes; adoro ensinar; adoro atividades de pensamento; adoro servir, receber com flores e mesa linda; tenho medo de me tornar escrava de um restaurante; fazer decor e banquete de festa cansa muito; não pertenço ao mundo dos chefs; preciso viajar e estudar; se eu precisar rotular a minha comida, ela é brasileira e contemporânea; preciso me organizar como empresa e contratar pessoas; quero me aproximar de idéias sustentáveis e slow food; preciso voltar para o plano de negócios que abandonei incompleto desde o Empretec; quero ser pequena.

Tudo assim, junto, solto e misturado. Como é que amarra, como é que se encontra? Tempo talvez para viajar sem notebook ou iphone, apenas uma caderneta (será que ainda sei escrever à mão?). Talvez uma bela surra de cachoeira, um caldo de Yemanjá, uma escuridão úmida de mangue, de caverna de estalactite, estalagmite… está lá?

“Deixe-me ir, preciso andar. Vou por aí a procurar, rir prá não chorar.
Quero assistir ao sol nascer, ver as águas dos rios correr, ouvir os pássaros cantar; eu quero nascer, quero viver…
Se alguém por mim perguntar, diga que eu só vou voltar depois que me encontrar…”

É, Cartola, eu também preciso me encontrar, mas só depois de 9 de janeiro de 2014.

§ 30 Respostas para Salvador, 09 de janeiro de 2014

  • Cléo Maryan disse:

    Ihhhh só estou lendo isso agora… babou meu sonho de participar de uma aula sua. 😦
    Tentarei na prox ida a SSA.
    Bjo
    Cléo

    Curtir

  • Rosangela Berges disse:

    Ohh Katita ta no Existencialismo puro, isso ai garota ! Nos somos o que fazemos com que fazem da gente ! Nos construimos a cada dia, independente da idade, eu por exemplo aqui no meu caminho em direcao aos 60 anos me reconstruindo novamente, boa viajem Katita nos caminhos da alma e da vida !

    Curtir

  • Krys disse:

    Oi,
    Por aqui tb muitas idéias, muita direção… Vou usar isso de “preciso” e não “preciso”. Gostei…
    Boa sorte no(s) seu(s) caminho(s) 😉
    bj

    Curtir

  • Adriana disse:

    Respostas para varias das tuas perguntas: http://www.vidaorganizada.com.br
    Boa sorte no teu novo ano e nos teus projetos!
    Bj

    Curtir

  • Eliana disse:

    Katita, seguinte…não muda nada, não, vai se aventurando assim, às vezes ali e acolá, fazendo festa, botando banca ou atrás de um fogão em algum restaurante perdido fazendo a sua mágica e testando seus dons…você é livre por natureza e se mudar vai perder a sua essência. Ambição? Acho que você já é do tamanho do mundo, talvez maior que ele! Talvez você esteja meio perdida, mas penso que se você se programar e deixar um espaço entre um coisa e outra pra “nada” seria o ideal. Afinal, oh mulher mimada, porque faz sempre tudo o que quer…é o não é? rs Você já tem a grande sorte de fazer o que gosta e quando quer…não abra mão desta sua liberdade de voar por aí! Bjs e tudo de bom!

    Curtir

  • Anavic disse:

    Katita, quando a fada madrinha passar e te conceder 1 desejo não esquece, pede uma assessora/ajudante/secretária. Dá uma choradinha para fada e pede também capacidade para delegar. Isso, quem não nasceu com esta capacidade, só milagre da fadinha!! Não esquece!! um beijo e um 2014 tranquilo e sereno!

    Curtir

    • Katita disse:

      Assessora é sonho de consumo e prioridade, mas o foco e definição do trampo vem antes. =/
      Prometo que não vou esquecer! =)
      E sim, delegar é preciso, sei disso, e tenho em quem confiar.
      Beijo grato, querida.
      K.

      Curtir

  • mari disse:

    Que lindo! Katita vc é especial e abençoada demais.
    Tô aqui me divertindo traçando várias combinações diferentes pro seu futuro. kkkkkkk
    E que delicia saber que todas são possíveis.
    Você tem dons incríveis, é saudável, tem uma good vibe absurda… precisa de mais nada. Isso é benção divina. e posse falar? let it be! ahaha.
    pelo menos comigo é sempre assim: planejo tudo direitinho, e acaba acontecendo tudo ao contrário. e quer saber mais? as melhores coisas que me aconteceram foram as que não estavam planejadas. acredito demais que quando estamos de bem com a vida, ela se encarrega de colocar tudo no lugar.
    e quando você menos esperar vai estar tudo muito claro em sua mente.
    relaxa gatinha! bjssss

    Curtir

    • Katita disse:

      Ai, Mari… é canseira, amor. Prometo que eu vou lembrar dessas coisas que tu me escreveu, tá? E tentar relaxar, tá? E… let it be!
      =)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
      Beijo carinhoso e grato!
      K.

      Curtir

  • Katita, seu texto me emocionou muito pois vivo semelhantes situações,me meto em várias coisas e o pior é que gosto e não consigo dizer não,qdo vejo estou fazendo tortas,bolos decorados,jantar,almoço,comida natural e integral, e agora como se não bastasse entrou na minha vida pessoas com intolerância a lactose e glúten e lá vou eu estudando,pesquisando e desenvolvendo coisinhas para essas pessoas tão especiais!!!! Affff!!! E aí ouço ” vc tem que se especializar em algo único ” Será mesmo????? Lendo seu texto acendeu uma luz, tenho que fazer o que gosto e me realize.Força e muita Paz no seu coração,que seu ciclo venha cheio de energia e garra para vc fazer tudo o que faz tão bem feito!!!! Muito obrigada !!!! que venha 2014!!!!.

    Curtir

    • Katita disse:

      Marcia, bom quando a gente se identifica, né? Assim não nos sentimos sozinhos no meio desse caos!
      Que não te falte energia também. Daqui dá pra sentir que tem muita vindo daí.
      =)
      Beijo enorme e grato, querida.
      K.

      Curtir

  • Marcia disse:

    Tomara que vc não desapareça e volte aqui no blog só em 9 de janeiro…quando comecei a ler o post pensei: sei lá, eu tiraria a Ana Maria Braga e colocaria vc lá no lugar, ficaria outra coisa o programa, mas tbm foi descartado tv, então não sei, torço pra que dê tudo muito certo na sua vida e que não deixe o blog nunca. Felicidades!

    Curtir

  • fagulhadeideias disse:

    Bonito texto e um bom reencontro consigo mesma. Feliz 2014!

    Curtir

  • Marcos Silva disse:

    Vou te dar uma ajuda… arranje mais um tempinho e comece também a escrever contos ou crônicas seu texto é delicioso de se ler.

    Beijos Marcos

    Curtir

    • Katita disse:

      Marcos, querido, obrigada! Se escrever pagasse as minhas contas eu não queria mais nada da vida. Mas como eu disse no texto, e citei como primeira necessidade, preciso sim, dedicar mais tempo ao escrever. E é sempre melhor ler isso vindo de outro alguém.
      Obrigada de novo e beijo maior!
      =)
      K.

      Curtir

  • Erika disse:

    Ah, Katita! Esta energia que transborda nas suas mensagens me dão a certeza de que, mesmo sendo tudo junto, solto e misturado, vai rolar.
    A pausa é importante para recarregar as baterias e, na minha singela opinião, se for sozinha e num canto que considere especial, terá melhor efeito.
    Fico feliz e aliviada que tenha feita suas escolhas e, entre elas, pelo sua turminha do Pitéu.
    E vamos juntas…que venha 2014!!!
    Bjs no coração!

    Curtir

  • Marcia Luzia Almeida disse:

    Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é. Sagitariana que nem você, te entendo. Se precisar de ajuda , grita que eu escuto, embora sem ter a menor ideia de como poderei ajudá-la. Mas tenho boa vontade. rsrsrsrs
    Bjs
    Marcia Luzia Almeida

    Curtir

  • Cristina Dvila Charpinel disse:

    Lindo texto,Mas o que vc precisa mesmo amiga de uma assessoria de marketing e administrativa, t aqui, !!

    Beijos… Cristina

    P Antes de imprimir, pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE.

    Date: Thu, 24 Oct 2013 13:22:37 +0000 To: cristina.am@hotmail.com

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Salvador, 09 de janeiro de 2014 no Pitéu.

Meta

%d blogueiros gostam disto: