Terrine (intuitiva) de Banana da Terra com Parma

4 de outubro de 2013 § 2 Comentários

terrinebanana
(foto de Karina Muniz para A Pequena Escola de Culinária da Katita)

Mais uma que eu inventei para a aula de Quiches, Saladas e Terrines da escolinha. Mas vou logo avisando, terrine de banana boa, é terrine intuitiva, porque veja bem… a depender da condição da banana, de quanta água ela absorva, de quanto tenha sido cozida, poderá ou não receber aditivos como cream cheese e quem sabe um fio de creme de leite, que tanto podem emprestar uma textura aveludada como também podem deixar a massa molenga a ponto de não enformar, portanto, meus caros, terrine matemática é para os fracos! =P

Para uma forma de bolo inglês, coloque 5 bananas da terra descascadas para cozinhar numa panela pequena e cubra com o mínimo de água, no limite para encobri-las. Quando estiverem cozidas, a idéia é processá-las com um mixer ali mesmo formando um purê firme, portanto, retire um pouco da água para não correr o risco de ficar muito mole, e reserve para ir somando, se necessário. Junte uma colher rasa de manteiga à mistura ainda quente, sal e pimenta do reino moído na hora e à gosto (desculpa, mas sal é a gosto mesmo, treina aí!). Nessa hora, você pode optar por somar o cream cheese ou um fio de creme de leite à massa, contanto que ela permaneça firme o suficiente para ser enformada e desenformada. Queremos uma massa firme!

Desfie 200g de presunto parma finamente e reserve.

Tome uma forma de bolo inglês e forre com papel filme. Pense de que forma você poderia decorar a sua terrine e companha essa decoração no fundo da forma, de maneira que quando for desenformá-la, o enfeite apareça em cima. Vale ramos de alecrim, nirá ou qualquer outra hortaliça; composições com frutas vermelhas, nozes e flores comestíveis.

Feito o fundo, vá alternado camadas de massa e de parma, encaixando bem direitinho, pressionando com uma colher, batendo o fundo da forma sobre uma bancada, tudo para encaixar bem e garantir um bom desenformamento.

Cubra a terrine com plástico filme e leve à geladeira por, pelo menos, duas horas, ou 30 minutos no congelador.

Na hora de desenformar, retire o papel filme que cobria a terrine e deixe a borda do que forrou o fundo para fora para que você possa segurar por ali na hora de virar a forma sobre um prato para desenformar; daí é só puxar a forma e o papel filme que vai estar preso à terrine, e servir com mini-pães especiais, beijus, ou tão somente acompanhando uma bela salada verde.

§ 2 Respostas para Terrine (intuitiva) de Banana da Terra com Parma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Terrine (intuitiva) de Banana da Terra com Parma no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: