Menina mimada na rota de mercadinhos das leitoras

16 de setembro de 2012 § 18 Comentários


Sacola de compras ASTA, produzida pelo grupo de artesãs Vizinhas do Mar, do Recreio (RJ), um primor!

A Simone Bello, parceira forte da ASTA, não se conformou que eu partisse para minha missão de explorar mercadinhos de bairro sem uma bolsona escândalo, e me mandou essa coisa linda aí de cima. Ou seja, a pessoa quer ir ali simplezinha, sem chamar a atenção, mas não pode, percebe?

Orgulho danado de carregar uma peça feita pelas mãos destas mulheres que não conheço mas posso imaginar-lhes as histórias.

Bem, uma vez montada, parti para conhecer O Verdurão e o peixeiro Zezinho no fim de linha do Engelho Velho da Federação, recomendação da leitora querida Adriana Marinho. Adorei. Encontrei de um tudo no Verdurão, e olha que já eram quase 12h! Frutas diversas, tubérculos, legumes, verduras, ovos, ingredientes de moqueca, farinhas, puba, tapioca. Detalhe que eu adorei: um vaso com galhos de arruda, que é para a pessoa tirar umas folhinhas e colocar atrás da orelha, pra proteger. E falou em proteção é comigo mesmo: bato fôia, tomo banho de sal grosso, faço oferenda de flor pra Iemanjá, acendo vela pra Nossa Senhora e incenso pra Buda, recebo passe, canto mantra, faço saudação ao sol. De modos que já taquei minha arruda atrás da orelha e já fechei meu corpo. Bem, O Verdurão é tudo e eu gastei uma pechincha.

Era partir na captura do Zezinho e comprar um peixão para assar inteiro no domingo. Me indicaram a casa dele, e quando cheguei ele já tinha recolhido a sua banca, mas não hesitou em me atender com enorme simpatia. Me levou ao isopor, me apresentou os peixes que tinha, o vermelho estava lindo, escolhi um de mais ou menos 1kg, que ele tratou na hora, e fui embora super satisfeita com o atendimento, o preço e a qualidade de tudo o que comprei. Adri, super obrigada pela valiosa dica. Senti sua presença ao meu lado.

Eu poderia ter comprado os ítens de mercado por ali mesmo, pois havia vários mercadinhos, mas lembrei de outra dica, da minha amiga Rachèl Chamusca, de um mercadinho perto da casa de sua mãe, ali no mesmo bairro, só que um pouco adiante, daí que eu decidi matar dois coelhos com uma “caixa d’água” só e parti para outro fim de linha, desta vez da Federação, defronte ao IRDEB. De fato, o mercadinho é arrumadinho, e encontra-se até coisas como aspargos, palmito, chucrute e pimenta biquinho. Felizmente estava vazio, porque como é pequeninho, aquilo num bafão deve ser complicado, mas encontrei também lá bons preços e um atendimento cordial, do próprio dono no caixa. Chèl senti sua presença festiva ao meu lado. Dali certamente partiríamos para uma cervejota n’algum lugar gostoso.

Mas nada de queijos, vinhos e aqueles ítens mais…especiais, digamos assim. Para estes, o canal continua sendo a Perini.

Agora eu quero bater perna no Nordeste de Amaralina com a Sandra Andrade! E depois conhecer a feirinha da Boa Viagem que a Mariana Gadelha mencionou. Meninas, me aguardem!

§ 18 Respostas para Menina mimada na rota de mercadinhos das leitoras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Menina mimada na rota de mercadinhos das leitoras no Pitéu.

Meta

%d blogueiros gostam disto: