Abordagens publicitárias

13 de setembro de 2012 § 48 Comentários

Chegam por e-mail, geralmente assim:

“Olá, gostaríamos de solicitar o seu midia-kit para inclusão do blog na campanha de um cliente (que eles nunca informam quem é).
Obrigada (nem sempre)
Fulano, agência tal”

Daí eu já tenho um texto pronto, só dou Ctrl-C, Ctrl-V

“Olá Fulano,

Obrigada pelo contato. O Pitéu tem X acessos dia e o custo do publieditorial é de X, mas é fundamental que eu me identifique e aprove o produto, que ele esteja em consonância com o que falo e pratico aqui. Por exemplo, não posso fazer propaganda de caldo de legumes industrializado, porque vivo incentivando os meus leitores a fazerem os seus caldos em casa, entende?

Qualquer coisa, é só chamar!

Abraços,
K”

Às vezes a coisa rende e a minha postura parece inconcebível para as agências, como se todos os blogs com alguma visibilidade tivessem a obrigação de serem comerciais.

“Mas você não faz propaganda? Não pode mandar um midia-kit com o Prt Sc da sua pageview?”

” Oi Fulano, tudo bem?

É como eu te falei, não gosto de banner porque eles poluem visualmente e eu quero conforto na minha cozinha, mas sim, faço publieditoriais, desde que sejam de produtos que eu goste, aprove, acredite.

Sobre o midia-kit, eu não tenho e nem pretendo fazer, porque o Pitéu não é uma empresa e nem um blog comercial, mas pessoal. Você vai ter que acreditar nos números que eu te passei se quiser publicar aqui. =)))))))

E outra, o Pitéu não tuita, não está no “fêice”, e nem mesmo mecanismo de tag eu uso.

Abraços,
K.”

Tem gente que sai correndo sem entender nada; tem gente que vê na minha postura justamente um ponto de venda; tem gente que acha que eu tiro onda.

Sei que já perdi uma boa grana em momentos que eu precisava na hora, mas e essa sensação de liberdade e repeito, quem mo dá? Por acaso tem preço?

Será que eu tô perdendo minha chance de ficar ryckah? Será que vou me arrepender um dia? Será que me jogarão na cara esta farsa adiante ao abrirem o Pitéu e virem um anúncio de patrocinador? Who knows? Tô brincando de viver um dia de cada vez, e tô gostando disso.

§ 48 Respostas para Abordagens publicitárias

  • kelli disse:

    Katita!

    Por isso e por tantos outros motivos, sempre venho aqui na sua “cozinha”, fazer uma visita, ler seus textos e me emocionar com suas palavras.
    Tem muitos blogs que perderam a noção: é só propaganda, look do dia, não tem mais sensibilidade, tudo virou um comércio, credo!!!
    Dinheiro é bom, e com ele podemos ter acesso a muitas coisas que nos fazem bem, mas como você disse: desde que você tenha domínio sobre ele, e não ele sobre você.

    beijo.

    Curtir

  • Carol Gutierrez disse:

    Minha diva, meu exemplo de vida, meu exemplo de dignidade, sua coisa linda de Deus, você subiu mais 10 pontos comigo agora. And now, que vc já estava com 100? (desce daí do lustre já kkkkkkkk).
    Linda do meu coração, você tem toda a minha admiração, todo o meu apoio nessas linhas que tanto me emocionaram e todo o meu respeito. Continue assim, que caráter a gente não relativiza, e se 99% dos blogs estão vendidos, você faz parte dos 1% de pessoas que Deus se orgulha de ter posto no mundo querendo nos dizer: ser humano de verdade é isso.
    Beijos nessas bochechas gostosas,
    Carol.

    Curtir

  • Eliana disse:

    Sabe o que eu acho?!?!? Tu sabe muito bem o que faz! Mulher sábia tá aí, é tu mesma, Kátia! Quando crescer quero ser que nem você! rs Sorte!

    Curtir

  • Cris Ladwig disse:

    Ih que coisa! Todos aqui já disseram o que eu queria dizer!
    Mas liberdade pra postar o que se quer, de acordo com sua consciência e seus valores é tudo, e é por isso que sou sua fã e fã do Pitéu (leitura obrigatória todos os domingos pela manhã no meu tempo de sossego) ;D
    De blogs comerciais eu “pulo fora”!
    Grande beijo,
    Cristina

    Curtir

  • Silvana disse:

    Sou sua fã !!!

    Curtir

  • Joy Cleave disse:

    Ka,

    como muitos outros leitores ja disseram: To contigo e nao abro flor.
    Somos todos passiveis de mudanca (Gracas aos Ceus!) e o q funciona hoje pode num funcionar no futuro, nao eh mesmo?
    Eu te admiro demais por ser essa pessoa integra, fiel aos seus principios e que segue seu ‘gut feeling’ sempre.

    Um beijao carinhoso de fa e amiga!

    Curtir

  • Leonardo disse:

    Parabéns pela atitude,esse é um dos motivos pelo qual estou sempre por aqui.Há blogs por aí que são 100% jabá,ainda tem a coragem de dizer coisas como:

    ”cozinhando com amor,usando o caldo X”,seria melhor dizer cozinhando um horror.Rs

    Abçs e parabéns pelo Blog.

    Leonardo-DF

    Curtir

  • Ana Flores disse:

    Oi, Katita
    Gostei da sua atitude. Firme, coerente e corajosa.
    Beijos e vai em frente com seu blog luxo.
    Ana Flores

    Curtir

  • Maria Cristina disse:

    Parabéns, Katita!!
    Pessoalmente, acho o seu blog lindo e com visual limpo sem banners que deixam o ambiente “poluído”. E a sua independência para opinar vale ouro!!
    bjs,
    maria cristina

    Curtir

  • Erica disse:

    Como já disseram outras aqui: POR ISSO QUE VC É UNICA, gata! E se um dia quiser mudar o estilo, AMAMOS VC e iremos contigo aonde vc for!

    Curtir

  • Suzy disse:

    hahaha fiquei lembrando da minha decepção com Alex Atala quando ele fez aquele anúncio de caldo líquido industrializado…
    É engraçado esse ego hiper inflado do povo de comunicação. “Não quer receber o pacotinho de brinde maravilhoso do meu cliente?!!!” “Como assim não pode dar entrevista por telefone AGORA?!!!” “Hein?! A sra. não tem opinião pra dar pro caderno x sobre a nova semente milagrosa de jibori, vinda da Bolívia, com mais nutrientes que uma feijoada?” Tanto publicitários quanto jornalistas passam do choque a ofensa mortal quando nós, seres inferiores, não percebemos a sua irresistibilidade.E, pior, tem que ser do jeito deles e beeeeeeeeeeeem baratinho 😉
    Acho que não é uma questão de dinheiro (fácil), é de amor próprio. Se respeite mesmo, sua linda!!! É por isso que a gente te ama.
    beijo,

    Curtir

    • Katita disse:

      Suzy, verdade. Você falou bem, o povo da comunicação, em geral. Reflexo do poder que a mídia exerce sobre as massas. Quando a gente consegue se libertar um pouco e dizer não, é como a ovelinha negra que vaza do rebanho. Uma sirene toca em alerta. Perigo!
      Sobre o Atala, eu choquei em princípio, mas depois acabei relevando um pouco, colocando ele no patamar de um ator, que vive de propaganda. Mas que dá um desconforto dá.
      Adoro você aqui.
      Beijo enorme,
      K.

      Curtir

  • Dricka disse:

    Katita amor, o blog é teu! e estamos aqui porque amamos tua autenticidade, se mudar de opinião entenderemos. Nossas idéias e ideais de hoje podem mudar amanhã e (graças a Deus), estamos em constante mutação, quase sempre evoluindo. Então se um dia quiser botar banner de cabo a rabo no teu blog, faça-o, se estranharmos depois acostumaremos, estamos aqui por você! Para mim o direito de mudar de opinião é tão sagrado quanto o de ir e vir.
    Bjucas

    Curtir

  • marcilia disse:

    Katita, um dos motivos de eu ler e gostar tanto de seu blog é sua maneira independente de ser: elogia e critica na mesma medida. sou sua admiradora e concordo com sua postura. desejo-lhe sucesso em sua vida pessoal e no blog. abraços, Marcilia

    Curtir

  • Telma disse:

    Oi Katita, leio seu blog desde a época do Rainhas do Lar, mas nunca deixei nenhum comentário. Hoje, quando li esse post, entendi porque confio tanto nas suas opiniões, indicações de lugares, produtos ou simples observações rotineiras. Nos posts você transmite para o leitor sinceridade, imparcialidade, confiança e delicadeza.

    Curtir

  • Ô minha amiga (me dei esse direito, de te chamar de amiga ;-),
    Eu quando tinha o Pé na Cozinha comecei a sacar essa movimentação toda e caí fora, pouco depois de vcs encerrarem o Rainhas. Vi que o mundo gourmet tava com uma pegada muitoooo comercial e isso estava me angustiando. Vejo tantos blogs que eu já achei legal, vendendo cada porcaria. Gente que tinha conceito alto comigo querendo muita visibilidade, muito encontro a la marca X, café da manhã Y e etc e tal. Isso detonava o trabalho de quem queria investir numa cozinha afetiva, ressignificando a alimentação…Enfim, querida, sou solidária à vc e por isso, o Pitéu é o único blog que mantenho nos meus favoritos de acesso rápido e que eu tenho prazer legítimo em ler e não em buscar somente receitas. A cozinha como forma de amor, de empoderamento, de auto conhecimento, e não a cozinha instrumental.
    Chega de fins. Eu quero é meio, processo, percurso.
    Beijo amada!

    Curtir

  • Não vejo problema em você fazer publieditorial de produtos, pois já percebi nesse tempo que te acompanho virtualmente que sempre há espaço para os mais diversos comentários no teu blog, sejam favoráveis ou contrários ao que você pensa. Mas fico imensamente feliz em ver que você prefere ser fiel a seus princípios a ganhar dinheiro de qualquer forma.

    Curtir

  • Nando Reis (Nanã) disse:

    É isso aí, viver é um risco diário, a felicidade é um estado imaginário e dinheiro também é felicidade. Qualquer postura que quiser assumir conte comigo, eu te apoio nas suas decisões, das mais sensatas até as mais loucas.

    Curtir

  • Marcia disse:

    Katita, depois de 15 anos trabalhando com Marketing vejo hj um movimento oposto da publicidade em massa.
    Isso que vc faz e aposta eh o futuro. Midia super direcionada e com resultados muitos maiores que se fosse colocado um VT no intervalo do JN.
    Pq? pq tem credibilidade e personalidade. Isso eh oq o consumidor quer: Que alguem ja tenha usado o produto e fale que eh bom. Pronto.
    Vc usando da muito mais seguranca que a Ana Maria Braga testando uma margarina e falando que eh otima.
    Continue assim que teu futuro sera prospero flor.
    Bj enorme com reconhecimento de q teu trabalho eh muito bem feito.
    Marcia

    Curtir

  • Vanessa Ferreira disse:

    E tem coisa mais rica nessa vida do que alguém com os princípios bem definidos como você? Te acho mega sensacional, agora ainda mais. Te desejo tudo de melhor dessa vida viu! Beijos mil!

    Curtir

  • Pati Sato disse:

    K, se algum dia vc quiser botar um banner aí no Piteu, o que que tem?? Já bem dizia Raulzito: Prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. E é isso aí, um dia de cada vez, caso contrário, nois pira kkkkkkkkk beijos Ah, qto a Ryqueza, passa um blush escândalo que resolve kkkk

    Pati

    Curtir

  • Erika disse:

    Katita,

    mandou bem!
    Creio que fazer o que se gosta, com liberdade e amor, dificilmente gera arrependimento…o dindim vem por diversos caminhos, geralmente como consequência de um trabalho honesto e bem feito (o que você já faz, com talento e carisma incríveis!).

    Adoro o Pitéu do jeitinho que ele é: suave, gostoso, reconfortante, clean, como casa de amiga, de irmã e, por vezes, até de mãe.

    Acredite na sua intuição e siga em frente!!! Eu estarei sempre por aqui, te prestigiando.
    Bjs,
    Erika

    Curtir

  • Josiane disse:

    É por isso que eu não passo um dia sequer sem dar ao menos uma olhada no que você escreve…

    Curtir

  • lili disse:

    Precisa ser muito macho prá dizer NÃO quando te acenam com dimdim.

    Curtir

  • Luana disse:

    Putz!!! (putz pode?)
    Você arrebentou como sempre…
    É o que mais amo em você e no pitéu, a pura essência…
    Aqui é uma cozinha afetiva, como o próprio nome diz, não é a casa da mãe Joana, com um consumismo exacerbado, onde o que manda é o poder… Manda o poder sim, de liberdade, de ser vivaz, sem amarras sem compromisso, só poque sim.
    Entro milhões de vezes se precisar, pra aumentar o x de acessos, pois sei que não é isso que importa pra você. O que importa está na essência, que é isso aqui, o contato, o tête-a-tête, que não é o publieditorial que te trás…
    Desculpe a carta… me emocionei…
    Bjs
    Com amor
    Luana

    Curtir

  • Marilene disse:

    Ka eu acho q vc tem que ser honesta com o que acredita e ponto. Se vc achar legal e de quebra te render uma boa grana qual o problema? Sei que nós frequentadores de sua cozinha estaremos sempre a vontade para reclamar (nem sei se a palavra correta seria essa) se algo não cair bem com o Pitéu, afinal essa cozinha está sempre aberta para nossas opiniões não é?? Agora os caras desse mundo de negócios acham mesmo que todo mundo tem um preço….Mas amiga com todo esse talento que vc tem, há de ficar RICA, de um jeito ou de outro!!Beijocas!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Abordagens publicitárias no Pitéu.

Meta

%d blogueiros gostam disto: