Bom dia, comunidade!

20 de agosto de 2012 § 63 Comentários

Dá licença para eu abrir as portas e janelas dessa cozinha, que é para arejar uma tristeza que insiste em povoar o meu coração.

Difícil aceitar as pequenas mortes necessárias ao longo da vida, mesmo sabendo que nelas reside a renovação, a transformação, o renascimento, que a dor de hoje é o alicerce para um futuro mais tranquilo e feliz. Eu não posso me esquecer que a morte não é um fim, mas um portão para o infinito. O problema é que há mortes e mortes. Tem coisa que é tranquilo, mas e quando a gente tem que matar justamente aquilo que nos fez sentir vivos e plenos como nunca? E quando a gente tem que matar as nossas mais puras e sinceras esperanças… no amor? Me fala. É puxado.

Daí que eu resolvi voltar para a minha cozinha ensolarada onde eu encontro o amor nas panelas e na companhia de vocês. Tô bastante precisada, não vou mentir.

Trouxe flores amarelo-sol, minhas preferidas, para alumiar as nossas jornadas e corações e esperanças, aquecer os nossos corações e beliscar as nossas alegrias. Gostam?

Onde foi que eu parei mesmo? Ah! Retomar e finalizar até o fim do mês a Novela Cabruca e desaguar um monte de coisa que eu acumulei aqui… receitas, experiências e pensamentos.

Tamo’ junto. Ao jardim!

§ 63 Respostas para Bom dia, comunidade!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Bom dia, comunidade! no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: