Almôndegas funcionais

7 de agosto de 2012 § 30 Comentários

Funcionais porque ao invés de usar pão ralado ou umedecido ao leite, ou farelo de biscoito na composição destas almôndegas, eu usei farinha de gergelim e farinha de linhaça dourada, o que me fez pensar que as almôndegas que eu faço em casa com tanta frequência podem ser bem mais nutritivas sem perder nada no quesito sabor, ao contrário, o toque de gergelim deu um tom bastante especial, e elas ficaram de-li-ci-o-sas.

Bem, fazer almôndegas (ou hamburgueres caseiros) é uma festa, né? Só colocar a carne (moída duas vezes) na tigela e ir temperando. Para 500g de carne, eu uso 1 ovo inteiro peneirado para dar liga; para o efeito farinha do molde, é como eu falei, desta vez fui de farinha de gergelim e de linhaça dourada; os aromas e temperinhos ficaram por conta de 1/2 cebola roxa ralada, folhas de manjericão fresco rasgadas, coloquei cardamomo em pó, toque de canela, sal, pimenta seca piripiri, fio de azeite de oliva extravirgem, e 1 colher de sopa de creme de leite, que é o meu segredinho para elas ficaram ainda mais macias. Se ficarem molengas, mais farinha, se ficarem secas, mais azeite de oliva, mais creme de leite, quiçá mais um ovo. É você que determina, mas quando mais úmidas ao toque, mais macias ao dente. Rendeu 15 almôndegas grandonas (não faça pequenininhas, que no forno elas desidratam e perdem bastante volume).

Depois você pode fritar – eu recomendo que empane antes, passe na farinha, para ficar crocante e compacta, sem correr o risco de abrir – mas aqui em casa eu só faço assada, já que ficam incríveis, sequinhas por fora, úmidas por dentro, sem que eu precise empanturrar a mim e ao meu filhote com gordura desnecessária, certo?

Essas eu fiz para Bento e Caio (um doce de coleguinha que veio almoçar e passar a tarde depois da escola), e servi com alface, arroz basmati em manteiga de açafrão e ovinho de quintal cozido. Cada um comeu dois pratos (mesmo estando o Caio dodói). Foi massa.

§ 30 Respostas para Almôndegas funcionais

  • kati monteiro disse:

    Katita,
    levei a receita pra casa e cuidei com carinho.
    Fiz hamburguer de frango moido em casa, misturei com cenoura ralada o mais fino que eu pude. Ficou show! Não tinha farinha de linhaça, então usei a linhaça mesmo. Até tentei passar no processador, mas a bicha é resistente e não quebrou! O gergelim virou po, mas a linhaça ficou inteirinha! Juntei um tiquinho de farelo de trigo para não ficar molengo. Moldei mais grossinho e assei no forno. Ficou nota 10, macio, suculento, perfumado, perfeito!
    Obrigada pelas dicas! Beijos

    Curtir

  • Iris disse:

    Eu vim comentar mais uma vez prq não dá pra não agradecer! Parece meio bobo mas essas almondegas foram pra mim o achado de 2012. Faço sempre, e agora com molhos.. hunn

    Curtir

  • Iris disse:

    Menina que é isso??? Fiz e arrasei! AMEI! Morri! Quero fazer pra todo mundo agora! Valeu hein!!!!

    Curtir

  • mariana g. disse:

    Katita, aqui em casa eu e marido Aron não comemos carne. Sempre que faço almôndega com proteína de soja a danadinha desmonta toda… tem dica mágica prá almôndega de vegetariano? 🙂

    Curtir

    • Katita disse:

      Oi, flor, tá boa? Olha só, eu ainda não desbravei o mundo encantado da soja, que eu soube que existe, portanto, se eu fosse fazer uma almôndega vegetariana seria uma coisa tipo inhame com ricota e molho sugo.
      =P
      Beijo n’ocê e no Aron!
      K.

      Curtir

  • Joy Cleave disse:

    Ahhhhh gostei ainda mais agora! hahaha Chama acafrao em po ai no Brasil? pq eu nunca vi vendendo aqui em po.

    beijos gata.

    Curtir

  • Flaviana Formigoni disse:

    katia que maravilha! Fiz essa receitinha ontem a noite no jantar para meu marido que está de dieta, ele amouuuu. Ele nao gostava de bolinho de carne…adorouuuu foi um jantarzinho muito especial, relembrou nossa epoca em Minas Gerais. Trem Bom demais

    Curtir

  • Darlana Godoi disse:

    Eu uso proteina de soja para dar liga e além disso fica bem crocante…

    Curtir

  • Carol disse:

    Katita, querida, qual o segredo para assar almôndegas? Em cima do papel manteiga ou tem algum outro segredinho? Fiquei com vontade de fazer para agradar os paladares da minha turma, marido e filha.
    Desculpa a ignorância, mas nunca fiz almôndegas de nenhum tipo.
    Beijos

    Curtir

    • Katita disse:

      Carol, é só untar a forma e deitar as almôndegas, não precisa cobrir. Pré-aqueça o forno enquanto estiver temperando a carne, e asse em forno médio não muito próximo à chama, com a grelha no meio do forno. Também não costumo virar. Elas vão soltar um pouco de água, vão perder algum volume com isso, mas costumam assar por igual. Outra coisa que é importante lembrar é que se você desligar o povo e deixar as almôndegas lá elas continuam assando por conta do calor. Daí, ou você desliga antes do ponto ideal e deixa lá terminando de assar, ou assa no ponto e já tira para servir, valeu? Talvez você não acerte o ponto da primeira vez, mas servirá de lição para acertar em cheio na próxima. Não é assim que a gente aprende?
      Beijo,
      K.

      Curtir

  • Laura disse:

    Fico até envergonhada de tanta ignorância culinária, mas quanto vai dessas farinhas mágicas, querida mentora gastronômica?

    Curtir

    • Katita disse:

      Laura, docinho, sinto te informar que a sua querida mentora gastronômica é uma cozinheira intuitiva que incentiva e prega alguma feitiçaria entre as suas leitoras. A medida das farinhas neste caso, é a ponta dos seus dedos que vai dizer, e também a sua preferência de textura. Todas as dicas estão aqui. Abstraia das medidas e se lance nesse desafio de bruxa! Bruxinha do bem, tá?
      Mas experimente um punhado grande de farinha de gergelim + 2 colheres de sopa de linhaça, para começar.
      Tô aqui, me chama.
      =)
      Beijo de boa sorte,
      K.

      Curtir

  • Pati Sato disse:

    Ai que delícia, hem! Coitadinho do Caio, dá para ver pelos olhinhos bem inchadinhos que ele não estava mto bem… Comida boa é assim, mesmo a gente estando doente a gente manda para dentro. E esse Caio não é bobo nem nada, né! Espero que ele já esteja 100%, beijos

    Pati

    Curtir

  • Izabel disse:

    E essa toalha de mesa chiquérrima? os convivas lindos merecem, né não? Abç
    Izabel

    Curtir

  • Márcia Cristina disse:

    Olá,
    fiquei aqui com água na boca e louca pra ir para casa pra preparar almondegas também. Valeu!

    Curtir

  • Katita, estávamos eu e minha pequena (6 anos) pensando no presente de dia dos pais quando minha filhota sugere dar um livro (presente meeeega recorrente aqui em casa, adoramos) mas eu queria algo diferente dessa vez e ela me sai com a pérola: mas é um livro de culinária mãe!!!! Caraca que ideia genial, veja bem, marido não cozinha quase nada mas tem super vontade. Lórrrrrrico pensei no seu livro, mas cadê que a Cultura tinha? Só por encomenda pra chegar daqui a 12 dias buáaaaaaaaa…. Comprei um do James Oliver, perdoa eu? Mas o seu tá guardado na cabeça, sabe como é Natal já já chega… Bjooo!!!

    Curtir

  • Joy Cleave disse:

    Ai Ka, seus cardapios sao sempre tao glam!

    Me conta esse babado do arroz basmati em manteiga de acafrao?

    Be sempre lindo e carismatico!

    Beijao, flor x

    Curtir

    • Katita disse:

      Menina, eu derreti manteiga na panela, juntei cebola branca beeeeeeem picadinha, deixei refogar rapidinho em fogo baixo, somei o basmati lavado, escorrido e seco, refoguei mais, somei uma colher de sobremesa de açafrão, misturei mais um pouquinho, cobri tudo com água fervente, acertei o sal e cozinhei em fogo baixo até ficar al dente.

      Só para dar uma variada, uma sacodida, uma abalada, um colorido!

      Beijo enorme,
      K.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Almôndegas funcionais no Pitéu.

Meta

%d blogueiros gostam disto: