As piores notícias de supermercado

1 de agosto de 2012 § 34 Comentários

Este é o preço de hoje do quilo do pimentão amarelo na pior rede de supermercados da cidade, o BomPreço.

Sabe qual é a palavra que eu acho que melhor define a falta total de bom senso dos preços praticados no Brasil? Cafona. É tão acintoso, é tão absurdo, é tão sem noção, que chega a ser cafona. Nossos preços são cafonas, um vexame! E quanto mais converso com amigas e leitoras que vivem fora desse país é que mais me dou conta disso.

Tô cansada.

Tô cansada de um buquê xoxo de manjericão por R$2,95. Tô cansada do aumento de R$2,98 para R$7,08 em apenas dois meses, destes waterthins que eu postei aqui em maio. Tô cansada das melhores ofertas de preço estarem escondidas lá embaixo ou então estarem sem preço pra gente desistir e comprar o mais caro; tô cansada de ter que comprar 8 rolos de papel higiênico porque não encontro mais de 4 (por que será?). Tô cansada de ser ludibriada. E não, hoje eu nem vou falar das filas.

Mas uma coisa é certa: quando a gente faz barulho as coisas podem melhorar. Exemplo? Lembram deste post em que eu mostrava o estado das bistecas suínas que estavam sendo vendidas sem embalagem? Soube que muitas pessoas já estavam se mobilizando no sentido de acionar a ouvidoria do mercado, e depois da publicação do post recebi muitos e-mails de outras pessoas que fizeram o mesmo. Hoje elas estavam assim:

Quer saber? Tô super afins de lançar um movimento de boicote aos supermercados. Vamos começar já? Vamos comprar no mercadinho de Seu Anselmo? Vamos comprar na feira, no ambulante? Vamos desconcentrar definitivamente as nossas compras em nome de algum conforto? Vamos trazer mais qualidade para as nossas mesas, ao mesmo tempo em que vamos parar de engolir sapo? Vamos aproveitar com isso e circular mais pela cidade, parar para tomar uma água de coco, almoçar no CEASINHA depois das compras de peixe e hortifruti? Vamos? Então tá. Já é. Tá valendo.

§ 34 Respostas para As piores notícias de supermercado

  • Aline disse:

    Ontem comprei pimentão verde a nove reais o kg aqui na minha cidade, só vi depois que já tinha passado no caixa. Não devolvi de vergonha. Achei um absurdo!! E o tomate, sete reais??? Socorro.

    Curtir

  • Debora Melo disse:

    Katita, e além dos preços exorbitantes que os mercados andam cobrando, tem ainda a questão da validade, que não é brinquedo não. Semana passada, no mercado perto de casa, comprei frango (vi que estava fresco, na validade) e leite de coco. Ia fazê-los juntos, com curry. Na hora de usar, meu franguinho lindo e refogado, dou por mim que o leite de coco estava vencido desde março! É mole! Quase cai pra trás! Fui no mercado rodando a baiana, e descobri que a prateleira inteira de leite de coco Sococo padecia do mesmo mal! Estava toda vencida… é muito desrespeito com a gente!

    Curtir

  • Carol disse:

    Ainda estou comprando batata, cebola, banana, maçã e tomate nas ofertas (somente nas ofertas) dos supermercados. O restante das verduras e legumes estou comprando na feira, compro um pacotinho de cada por R$1,00 ou R$2,00. A bandejinha de tomatinho está uns R$3,00, o milho fresco descascado na hora está 6 espigas por R$3,00. Daí vou levando, achando as compras do supermercado do mês, aquela que não dá para ficar sem, cada vez mais caras, só que de uns tempos pra cá decidi comparar preços e comprar no Atacadão o que vale a pena.
    Nós brasileiros somos desrespeitados o tempo todo. Também deixo aqui minha indignação.
    Beijos

    Curtir

  • Cecília Santiago disse:

    Oi Katita,
    concordo com tudo também! Há muito que boicoto o Bompreço: tem um bem pertinho da minha casa, só vou em ÚLTIMA opção e na maioria das vezes nem consigo estacionar e vou embora…frutas e verduras tenho comprado num hortifruti bem legal que vi um caminhão fazendo entrega na minha rua (fiz questão de ir lá na Caixa d´Àgua conhecer pessoalmente) e peço pra entregar em casa (preço em conta, produto de qualidade, proprietário super simpático) ou compro na feira no interior onde tenho um sítio: adoro feira!!!! Produtos de limpeza e mercearia que não tem jeito só compro num de grande rede…mas não sou 100% satisfeita não….é só pela praticidade! Porém, lá posso devolver sem nem explicar o que quer que tenha comprado e não tenha ficado satisfeita, por qualquer motivo….dái vou me enganando pela fila demorada, opções sazonais etc
    Beijo e vamos exigir sermos bem tratados sempre! Gentileza é tudo de bom sempre!
    Ciça

    Curtir

  • Priscila Prestes disse:

    E eu achando que 9,85 aqui em Irati-PR tava caro. Pq o normal é de 3 a 6.

    Curtir

  • Cleo Andreola disse:

    Olá querida!
    Super concordo com vc,antigamente o que mais gostava era de fazer compras no mercado.Acho que o meu histórico de passar necessidade quando criança me deixava contente de poder abastecer a casa.
    Hoje não gosto mais,é obrigação.Fico assustada com o preço das coisas.Maaas, no meu bairro temos feira,tenho meus queridos fornecedores de alegria,a menina Sofia que vende chimia e biscoitos que ela faz! Começa ás 6 da manhã,mas eu vou mesmo quando é muito friiio.Tenho um mercadinho,que vende uma carne excelente,quando preciso na urgencia elas me atendem.Sim,elas,o açougue só tem gurias que atendem.
    Mercado grande pego em quantidade maior,mas não abro mão do que funciona no bairro.
    Bjs Cleo Andreola.

    Curtir

  • Aurea Lima disse:

    Oi, To indignada tambem, Absurdo mesmo. Tinha falado pra voce que tava de malinhas prontas e cheguei na minha querida terrinha, ja comi baiao de dois com queijo coalho, paÇoca, carne de sol e sirigado grelhado, bao demais, mas ainda falta uma boa feijoada, caranguejo na praia com muita verdura e leite de coco, porque eu to na secura…Esse seu post veio a calhar, pois nessa semana vi que a coisa aqui nao ta essas maravilhas nao, moro em Fortaleza e aqui os preÇos estao horriveis. Eu fui em dois supermercados e o que constatei do Brasil foi que la fora falam (nas revistas) sempre de um pais emergente, economia crescente e infelizmente nada disso reflete no bolso do brasileiro, da classe media e do pobre entao nem se fala, aqui nada de positivo, ate mesmo o basico esta caro. Onde morava tinha uma feirinha toda terça-feira, frutas e verduras de qualidade, ate roupas e artigos para casa (esses de media qualidade). Eu tambem boicoto tudo o que acho que ta um absurdo, aprendi com minha mae, ela quando via uma coisa cara dizia: “Nao vou comprar, nao eh a primeira vez que vejo isso…” Entao ela esperava o preÇo melhor. Eu tambem boicoto muita coisa, atendimento ruim, gente antipatica e preÇo sem noÇao estao na minha lista. Sou a favor de uma campanha para conscientizar as pessoas do valor do dinheiro que ganha e o poder de decisao de cada um. O consumidor tem o poder de mudar muita coisa, basta agir e o boicote ja eh um bom comeÇo. AbraÇos.

    Curtir

  • chayennemichelly disse:

    Nossa, 21 reais o quilo do pimentão kkk Se vc fizer uma moqueca o pimentão é mais caro que o peixe então?kkkk Cafona mesmo!Acho que reclamar, boicotar é sim a solução, é muito absurdo ainda mais em um país tão rico como o Brasil que tudo que se planta dá. Moro nos EUA emuita coisa vem de fora, e mesmo assim é barato.E a qualidade, nem se fala! Mas aqui o consumidor exige, reclama, chama o gerente, o dono, vai na tv, manda carta etc. Há alguns anos repercutiu ai no Brasil uma noticia de que os EUA estavam exigindo que as Bananas importadas do Brasil tivessem um determinado tamanho,e no Brasil isso repercutiu de maneira contrária, que os EUA estavam com fricotes por assim dizer, MAS nas verdade o Brasil estava mandando bananas verdes com menos de 4 cm que nem com todo ozônio do mundo iriam amadurecer! E eles so fizeram o papel deles de consumidor, de exigir.
    Além disso, no Brasil os empresário se aproveitam de um povo que ainda não aprendeu a reclamar, e de grande parta da população que nem sabe que poderia reclamar! Triste ne?=-(
    Beijoca!

    Curtir

  • Marcia disse:

    Minhas idas ao Brasil se resumem em ver as pessoas.
    Fico horrorizada com os precos. Enquanto aqui gasto tipo 90 dolares por semana no mercado, com frutas otimas, iogurte grego do bom e outras frescuras, vejo minha mae gastando em Salvador R$1000 num carrinho de compra no Bompreco HORROROSO.
    E olha que comparando acho q aqui as pessoas ganham so um pouco menos do q no Brasil.
    Nao tem justificativa, ai o maximo que da pra siar eh tomar uma cerveja no Bar do Piaui e se de por contente.
    Roupa entao eu nem comento… $150 reais numa mesma camisetinha produzida na CHINA q aqui pago $7. Como diz a minha irma, eh preco de Trident no aeroporto.
    E eh mesmo!
    Brasil perdeu o pe nos impostos que se cobra, nas taxas e em tantas outras coisas q encaressem tudo.
    Muito triste.

    Curtir

  • Cris disse:

    Não piso nem amarrada em nenhum BomPreço, seja hiper ou não! Tenho horror a tudo! Ao atendimento, aos produtos com embalagens sujas (sim, aqui são todas cheia de pó), aos preços, enfim…não passo nem na porta! E ainda me coço todinha quando vejo a propaganda com a Marieta Severo! Só faço compras num super que só tem aqui em Natal. É claro que não é perfeito, que tem alguns preços altos, mas o atendimento é super bom, vende orgânicos, e ainda perguntam, no caixa, se eu achei tudo que procurava. Se digo que não, eles anotam o ítem e meu telefone e avisam quando chega! Por isso, só compro lá, não importa a promoção do concorrente. E não, não é elitista ou “mercado de rico”, até porque, dinheiro é o que SEMPRE me falta! kkkkkkkkkkk! Apoiada da raiz do cabelo até o dedão do pé!
    Xêro no olho!

    Curtir

  • Márcia disse:

    Nossa,Katita,que raiva que eu tenho desses Bom Preços que estão e sempre estiveram espalhados pela nossa cidade (as vezes com outros nomes) que nem praga! Esse monopólio deles não acaba nunca! A população tinha que fazer um forte boicote para eles aprenderem a nos respeitar! Ainda ontem,no Bom Preço do Chame Chame eu tive que sair com o pacote (de oito,claro) de papel higiênico na mão,pq fui informada que “desde dezembro último ” eles não dão mais a sacola grande!! Passo MUITA raiva qd vou a qualquer loja dessa rede infame…faço tudo para não ir,evito o máximo!
    Apoio vc totalmente!!
    um beijão
    Márcia

    Curtir

  • Ana disse:

    Coisa mais triste e revoltante mesmo!
    Eu acho incrível como aqui, em outro continente, onde algumas coisas sequer são produzidas como aí, tudo me parece MUITO mais em conta.

    A gente come bem, com cardápio variado, rico.
    As frutas, verduras e legumes, na maioria das vezes, estão decentes e bonitos, mesmo que importados. E o que é produzido localmente (que não é tão pouco quanto eu pensava) também é decente.

    Sim, nas grandes redes, e até mesmo nas feiras, a gente encontra uns absurdos e tem um pequeno ataque cardíaco com UMA manga a 5 euros, mas a bonita pegou um avião, atravessou o Atlântico, aqui é exótica, uma boa “desculpa”, né?
    E olha, a culpa maior está mesmo nos distribuidores e supermercados. Minha mainha produz uva no vale do São Francisco e ela fica boba com o preço que o produto atinge nos revendedores e diz que se ganhasse a partir desse preço final, já estaria trilhardária =p
    Enfim, como sou brasileira de nascimento e de coração, dou todo apoio ao movimento, mês que vem estaremos aí, e lá pras minhas bandas, a gente compra o que é importante direto dos produtores e pequenos comerciantes.
    Um abraço!

    Curtir

  • Isso mesmo Katita…..concordo com tudo que disse, faço mercado toda semana e sempre as mesmas coisas e mesmas quantidades, mas o preço sempre subindo, um absudo…..To nessa com vcs. Bjo

    Curtir

  • Fernanda Costa Lima disse:

    Katita, não poderia concordar mais com esse post! Recentemente estive no Bom Preço e quase morro de susto quando a caixa registrou R$14,89 num pedaço de repolho, mandei tirar na hora!!!! Sem falar na quantidade de produtos vencidos nas prateleiras. Essa questão da data de vencimento também esta presente no Hiper Ideal da Graça, ja cansei de pegar requeijão, iogurte e queijo vencidos, os fatiados eu nem passo perto…
    Minhas frutas e verduras compro bastante quando vou até Monte Gordo ou vou na feirinha do Calabar.
    Morei e fora (Montreal) e o que mais sinto falta é do mercado/feiras!
    Aliviada de achar alguém que fica indignada como eu!

    Curtir

  • Maria do Carmo Paulillo disse:

    É isso aí! Moro em Santa Catarina, numa cidade pequena e aqui as coisas não são diferentes. A falta de opção, muitas vezes, me deixa desconsertada, porque até o “tiozinho inocente”, que vende o que planta no fundo do quintal, quer se aproveitar e levar vantagem nessas horas!!!

    Curtir

  • Laura disse:

    Apoiadíssima, querida, e além de abrir mão do conforto e fazer uns exercicios, ainda ofereceremos beleza aos olhos nas feiras e CEASAs, pois vamos falar a verdade, além do preço absurdo, a qualidade é péssimas nas redes de supermercados.
    Beijo no coração.

    Curtir

  • Marilene S Bastos disse:

    E agora eles estão escondendo as marcas mais procuradas para desencalhar aquilo que ninguem quer…..e que em muitas vezes estão vencendo…Tb to a fim de boicotar….adoro feira!!!!!!!!! Pena que depois da feira paro no boteco e aí só Deus sabe qdo volto para casa….Beijos!!!

    Curtir

  • Flavia disse:

    E depois a gente ainda se depara com notícias que esses maravilhosos supermercados, na calada da noite, desligam os congeladores para economizar energia… É mole?
    http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-1/artigo/operacao-apreende-seis-toneladas-de-alimentos-em-cinco-supermercados/

    Curtir

  • A salvação daqui de casa é o Nordeste de Amaralina, que tem feira livre nos finais de semana, uma ceasinha que vende hortifruti melhor e mais barato que os grandes mercados e até uma filial da Gilzan!

    Curtir

  • Janaína Miranda disse:

    Concordo com tudo Katita! Ontem fiquei espantada com o preço da batata baroa/mandioquinha aqui num supermercado do RJ, R$11,50, e não era o quilo, era 250gr, pode isso?? Não comprei mesmo!!!! Também não encontro mais o pacote com 4 rolos de papel higiênico! É uma falta de respeito a nós consumidores. Isso me fez pensar até que ponto somos culpados por isso, pq se não fizermos nada, não poderemos reclamar depois! Apoio totalmente o movimento!

    Curtir

  • Henriqueta Silva disse:

    Katita,
    No sábado passado fui a feira e o preço do tomate no “fim da vida” estava R$ 4,00 e o mais ou menos R$7,00. Me recusei a pagar. Não comprei! Com dor no coração (pois amo tomate). Comprei outras coisas. Creio que se comprarmos, mesmo que seja a unidade, estaremos reforçando essa atitude.
    Isso mesmo, vamos nos unir para mudar isso!

    Bjoss
    Henriqueta- SP

    Curtir

  • nanaferdie disse:

    Caraca!!! Que absurdo!!! Aqui onde moro vou no armazem do S. Anselmo e compro pimentao por USD 0.69 / lb. Me recuso a comprar minhas frutinhas, legumes, etc em mercado de grande porte. E, sempre que posso, vou nos farmer’s markets que sao, na maioria das vezes, maravilhosos. Realmente, sinto que o Brasil perdeu a nocao das coisas. Fico triste ao ver esse tipo de coisa e ao me deparar com os precos exorbitantes de TUDO quando vou por ai! Triste constatacao. 😦

    Curtir

  • Leni disse:

    Realmente Somos feitos de besta no Brasil!!!

    Curtir

  • emy kuramoto disse:

    é piada o preço desse pimentão, é? Faz tempo que eu só faço feira e só vou em 1 mercado, onde acho que os preços e produtos são minimamente honestos. Não frequento mais as grandes redes de supermercado, porque me sinto ofendida, ludibriada, palhaça até (ouço até uma risadinha no meu cangote). É fila, poucos caixas, estacionamento pago e caro, atendimento risível e tratante, surpresinha no caixa (sim, porque tem aquela rede americana maldita que põe um preço na prateleira ou põe um preço confuso, aí a gente vai pro caixa e pimba! foi-se a economia que vc pensou que havia feito). Boicotei, boicoto e boicotarei, assim em todos os tempos verbais!

    Curtir

  • To dentro, Katita!
    E até quando está braba, você consegue ser engraçada e leve.
    Valeu, bonitona.
    bjs
    Cla

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento As piores notícias de supermercado no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: