Arroz-de-hauçá

28 de maio de 2012 § 13 Comentários

Momento mama África.

Desde que eu comi o arroz-de-hauçá do Dona Mariquita fiquei com boquinha de comer mais. E com coco ralado de costas! Mas não deu. Embora eu tenha adquirido o coco para ralar, deu mó bode, preguicinha feia, ressaquinha feia, e para me justificar eu pensei: vou facilitar a vida das meninas (e joguei para vocês) e fazer com leite de coco e coco ralado er… da Sococo. Mas ó, dou a maior força para quem se aventurar na função de ralar o coco de costas, que fique claro! Mas que pode ficar delicioso assim também, pode, e este aqui é prova disso.

Para 6 porções, tá?

Lave e escorra 1 1/2 xícara de arroz agulinha e deixa ele lá na espreita do movimento.

Hidrate 1 saco pequeno de coco ralado em flocos em 1 garrafa pequena de leite de coco + 1/2 garrafa de leite comum + 1 colher de sobremesa de amido de milho ou arrozina. Reserve.

Dessalgue 400g de charque coxão (desde a véspera trocando a água pelo menos 3 vezes). Corte em pedaços e cozinhe na pressão só com água mesmo por uns 30 minutos depois que começar a apitar. A carne vai ficar molinha de espatifar, daí você desfia, dispensando a gordurinha. Feito isso, refogue em cebola roxa e manteiga de garrafa ou similares, e finalize com um punhado bem bom de salsa fresca. Reserve.

Tome 200g de camarões secos da melhor qualidade e dispense as cabeças. Numa outra panela doure cebola branca ralada numa colher de azeite de dendê, junte os camarões e flambe com um dedinho de cachaça; deixe evaporar o álcool, some 2 dedos de caldo de legumes, e deixe reduzir à metade. Reserve.

Ao arroz: Refogue alho picado em azeite de oliva, some o arroz escorrido, misture bem, refogue, cubra com a mistura do coco + leite de coco + amido (misture antes pois o amido assenta), acerte o sal e deixe cozinhar em fogo baixo, mexendo de vez em quando. Se precisar junte mais leite de coco misturado com leite de vaca. Este é um arroz empapadinho, cremoso!

Montagem: eu montei mais ou menos como o do Dona Mariquita: enformei o arroz bem quente numa mini forma com buraco no meio, contornei com a carne desfiada, coloquei alguns camarões secos no buraquinho do meio e umas gotas do caldo do camarão sobre o arroz imaculado (eu só pingo porque camarão seco é muito forte e eu só preciso de uma insinuação dele no meu).

Arroz-de-hauçá é muito bom. Sensação.

§ 13 Respostas para Arroz-de-hauçá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Arroz-de-hauçá no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: