Doce de banana de rodelinha

20 de abril de 2012 § 38 Comentários

A quantidade de açúcar é determinada por quão doces estejam as suas bananas, portanto, tome a mais madura delas e experimente. Evite um doce muito doce! De doce já basta a vida! =)

Estou considerando bananas da prata maduras, tá? Doze delas, uma dúzia é redondinho, sonoro e rende que é uma beleza, coisa de 30 porções civilizadas, numa boa.

Descasque as suas lindas bananas e corte-as em rodelinhas, que nem a vovó fazia; que não sejam muito finas, senão se espatifarão facilmente. Vamos fechar em 2cm? Ou, para facilitar a tua vida e tu não precisar sair da cozinha para catar uma régua, usemos a largura do dedo indicador como medida, tá bom pra você? Ótimo, então. Viu como eu sou boazinha contigo?

Rodelinhas cortadas, vamos à calda: numa panela, 1 xícara rasa de açúcar para 1 dedinho d’água. Leve ao fogo baixo e vá mexendo até um ponto de início de calda rala. Some as rodelas de banana, mexa bem, solte 1 ou 2 pedaços de canela em pau, uns 5 cravinhos, 1 estrelinha de anis (se tiver) e umas gotinhas de água de laranjeira (se tiver); cubra com água fervente, misture bem misturadinho, confira se o fogo está baixo mesmo, e entregue o seu doce à sua própria sorte. Volte de vez em quando para dar mais uma mexidinha, testemunhar seu bronzeamento e textura graduais, experimentar o açúcar e decidir sobre o ponto que te afaga. Este doce não precisa, necessariamente, de geladeira. Convém ter uma compoteira de vó, transparente, que é para a gente ficar olhando o doce disposto na bancada, na janela, na prateleira. Eu acho tão romântico doce em compoteira!

*suspiro*

§ 38 Respostas para Doce de banana de rodelinha

  • herica fernanda disse:

    katia querida, amo banana e tudo que é feto dela,so que a receita de doce de banana que eu tinha era da minha mae, e eu acho doce demais e eu nao gosto. foia i que encontrei a sua, acabei de fazer hummmmmmmmm ficou perfeita uma delicia muito obrigado. eu deixei ele mais pastozo, incrivel e pricipalmente muito facil de faser.

    Curtir

  • herica fernanda disse:

    eu nao sei oque é agua de laranjeira?

    Curtir

  • patricia disse:

    katia posso usar bananas nanicas pra esse doce?

    Curtir

  • Paulino disse:

    Aqui em casa fizemos esse doce com bananas maças bem maduras. Só que ficou “amarrando” a boca. O que será que deu errado?

    Curtir

    • Katita disse:

      Paulino, você provou a banana antes? Outra possibilidade: o doce pegou no fundo da panela, queimou um pouquinho ou algo assim?

      Curtir

      • Paulino disse:

        Katita, eu acredito que não pegou no fundo da panela. Não é porque a banana e maçã? Eu nunca fiz doce com banana maçã.

        Curtir

      • Katita disse:

        Pois é, Paulino, o ideal é que seja com banana da prata, mas se você provar uma banana maçã ou d’água e achar que ela está deliciosa e que serve para o doce, não tem regra. Será um doce de banana-maçã.
        =)

        Só tentando com o de banana da prata, né?

        Curtir

  • michele disse:

    hum!! Lembrei da minha infância tbem… vou fazer hoje mesmo.. pro meu noivo rsrs me desejem sorte!

    Curtir

  • Katita! Essa eu tenho que te contar!! Depois que vi sua receita aqui e alguns dos comentários pensei em montar um “pavê” com este doce… aproveitei um pão de ló mara que vi no mercado, comprei todos os ingredientes e mão na massa… me achando a própria Katita cozinheira, que não precisa de receita e vai só no olhomêtro…
    pois bem fiz o doce… cozinha, cozinha e nada de ficar o tal ‘marronzinho’ da foto.. na minha memória aquela foto do blog.. com aquele doce lindo.. e o meu na panela mais branco que a minha coxa…
    beleza. terminei a sobremesa mesmo assim.. ficou meio pálida, cobri com chantily e levei a geladeira… fui dormir cedo… lá pelas tantas da madruga perdi o sono e num tilti de memória lembrei da receita e entendi o que tinha feito de errado!!!! háháhá… acordei o maridão pra contar e ele: “hã” nem sei do que vc tá falando…
    Encerrando: eu não fiz a calda de açúcar primeiro… coloquei tudo junto na panela… bananas, canela, água, açúcar… afff!!!!!
    mas valeu. o próximo vai ficar impecável e mando as fotos pra vc conferir!!
    Um grande beijo! Parabéns pelo blog! é o primeiro da minha lista diária de acessos!!!

    Nileide Vieira
    Cascavel – PR

    Curtir

    • Katita disse:

      Nileide, docinho, primeiro deixa eu me recompor da crise que eu tive aqui com “mais branco que a minha coxa”! KAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKA
      No mais, amor, tá tudo certo… novas idéias, ousadia, percepção do erro, disposição para fazer de novo. Cozinhar é isso, e você tá mandando muito bem!
      =)
      Beijo orgulhoso,
      K.

      Curtir

  • Lêda disse:

    Oi Katita, posso usar banana maçã pra fazer esse doce??
    Bjos…

    Curtir

  • Nossa, eu adoro doce de banana… Traz uma doce lembrança da minha infância na casa da minha avó, ela adorava doce e sempre fazia naqueles Tachos de cobre no fogão a lenha. Era lindo de ver! Obrigada por me trazer essas lembranças nesse post tão bacana! Bjooo

    Curtir

  • Nossa Katita!! que fácil? Pois é, eu achava que preparar um doce de banana em rodela, exigia uma ciência alquimistica a lá Flamel…rsrsrs.
    Mas o que me chamou atenção também foi a lembrança de como o Jorge Amado se referia a este doce no livro TIETA. Pois é, no livro ele descreve que este doce é servido nas casas das mulheres que “fazem vida” em Mangue Seco… e por isto é chamado de Doce de Puta!..kkkkk!!… ai ai Jorge, só tu mesmo, viu… saudade.
    Obrigada pela receita! Um grande beijo e abraço!!

    Curtir

  • Cleo Andreola disse:

    Olá querida!
    Muito boa a receita do doce de banana,vou fazer,gosto do que é fácil de fazer.
    Mas o que gostei mesmo foi da maneira de medir a espessura da banana. Até já medi,vai dar certinho rsrsrs.
    Bjs Cleo Andreola.

    Curtir

  • Tâmara Assis disse:

    Katita!!

    Tem coisa melhor que vó? Pq eu ainda não conheço!
    Tenho vontade de guardá-la num cofre, para tê-la sempre pra mim! rs!

    Gata, quanto ao livro, que vc falou pra te mandar, para q vc autografasse, tenho vergonha, pq manchei ele na cozinha =(
    Sinal que ele me tem sido de grande utilidade(To com a torta de liquidificador agora no forno, perfumando minha casa)

    Beijosss!!

    Curtir

  • Flávia disse:

    Só posso dizer que meus olhos ficaram cheios de água…e doces lembranças veiram do fundo do coração!!!! Senti o gosto e o cheirinho desse doce, aqui, bem do meu cantinho…

    Curtir

  • Samira Ibrahim disse:

    Kátia, amo esse doce de banana. Normalmente uso p/ fazer uma outra sobremesa que leva: a primeira camada de doce de banana, por cima uma camada de creme e por último uma camada de merengue, levo ao forno só p/ dar uma queimadinha no merengue e depois sirvo gelado, é simplesmente divino.
    Bj

    Curtir

  • Tania disse:

    Katita,

    Voce nao vai acreditar!!!! mas essa semana andei procurando uma receita de doce de banana igual o da mamae e hoje achei a sua deliciosa receita. Estou maravilhada agora so falta a compoteira 🙂

    Bjs

    Curtir

  • Karla Maria disse:

    Piro com doces em compoteiras. Já te falei que uma das minhas tias-avós tinha um café (o mais mimoso e romântico possível) e que a minha avó, com umas ajudantes maravilhosas, faziam os doces pro Café de Pepê, então quando vejo doces de banana, goiaba e de leite em bola (esse em especial por conta de tia Julita) eu me acabo de saudade delas.
    Bj doce procê.

    Me fala, a fadinha do dente já passou por ai?

    Curtir

  • Laura disse:

    Ai, katita, bateu uma saudade da vovó esse papo de doce na compoteira, ai, ai.

    Curtir

    • Katita disse:

      Laura, ainda ontem quando a minha mãe “estragava” o seu neto, por acaso meu filho, desconstruindo com meia dúzia de palavras uma regrinha construída por nós aqui em casa a duras penas, quase a chamei na regulagem, mas daí lembrei do significado da minha vó para mim, respirei, engoli o meu sapo, até sorri, e vazei. Ninguém ocupa lugar de vó; é um oco que fica lá para sempre e a gente só preenche com lindas lembraças…

      Curtir

      • Pati Sato disse:

        kkk, quase a chamei na regulagem é ótimo, morri de rir! Ai, também bateu uma saudade louca da minha vózinha maravilhosa, Dona Ritinha, nossa võ melhor não poderia ter tido, sinto mta, mas mta saudades dela, e meus olhos sempre ficam marejados de tanta saudade que sinto dela, que já partiu há 24 anos, aff….tava rindo há 15 segundos e agora estou chorando, difícil ser geminiana.
        beijos
        Sato

        Curtir

  • Katita, vc não imagina como eu amo esse espaço!
    Páro qq. coisa pra ler sua poesia alimentícia!

    E doce de banana ainda! Huuuum…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Doce de banana de rodelinha no Pitéu.

Meta

%d blogueiros gostam disto: