Cozinhando arroz com chazinho

16 de março de 2012 § 31 Comentários

Foi assim que aconteceu: toda vez que eu chego na casa da mamãe, vou correndo para o quintal para ver o que é que tá rolando, tipo, os pés que estão carregados, os que não vingaram, o crescimento do pé de romã, o viço das hortaliças, essas coisas. Mamãe vem logo toda orgulhosa para mostrar o tamanho das jacas (Deus benza!), as primeiras uvas da videira (finalmente!), os cajus que não se sabe o porquê de não terem amadurecido e morreram no pé (ô dó!)… e daí ficamos horas nessa investigação de quintal.

Meu chamego é o pé de limão mirim. A primeira coisa que eu faço é escolher logo uma folha bem grande, rasgá-la e ficar cheirando. Nenhum perfume é mais inebriante do que o das folhas do limoeiro mirim da mamãe.

Okay, passou.

Mais tarde fui fazer um arrozinho ainda com cheiro de folha de limão na mão (eu começo rasgando as folhas para cheirar, depois recebo uma compulsiva e começo a esfregar folhas entre as mãos, que por sua vez passo pelo pescoço, como quem passa um perfume). E me ocorreu que eu bem que podia cozinhar o meu arroz com chã de folha de limão; e lá vou eu saltitante para o quintal colher folha de limão. Fiz um chá concentrado e cozinhei meu arroz do mesmo jeito de sempre: cebola e alho picadinhos no óleo, depois refoguei o arroz BEM lavado e BEM escorrido e BEM sequinho, só que na hora de colocar a água fervente foi chá (salve Luiz Caldas!).

Ficou tão bom, mas tão bom, que eu comi só arroz.

Daí que dia desses eu estava com um buquê de manjericão nas últimas (é que quando eu chego na hora da Xêpa no carrinho de mão do meu chapa da esquina que vende hortaliças, ele vende dois pelo preço de um, e manjericão, você sabe, é bem perecível) e lembrei do trucão do chá. Não deu outra: fiz um chá com o buquê de manjericão e cozinhei o meu arroz que ganhou também raspinha de limão siciliano, que da mesma forma, estava no seu momento derradeiro de passar desta para uma melhor.

Resumo da ópera: cozinhar arroz com chás engraçadinhos dá samba, ô se dá! Além de inusitado e saboroso, a pessoa já resolve uma pressão alta, uma circulação, uma função diurética, uma coisa. Mas tem que ser chá gostosinho, hein? Não vai me cozinhar o arroz com chá de boldo, que assim você me quebra.

Algumas sugestões matadoras: chás de folhas de frutas cítricas, hortelã, manjericão, capim santo, capim cidreira.

§ 31 Respostas para Cozinhando arroz com chazinho

  • Célia Cordeiro disse:

    Gosto de tudo que é bom e simples….

    Curtir

  • maricleide disse:

    Amei a tua dica do chá de limão, vou fazer, pois tenho um pé de limão mirim aqui na porta de casa. Gostei do teu blog, cheio de harmonia e poesia.

    Bjs cristalinos

    Curtir

  • Suse Portes disse:

    Adorei a idéia! Vou experimentar.

    Curtir

  • Iran disse:

    Katita, querida!

    tava só espiando sua casa nova (que já fez até aniversário), sem comentar muita coisa.

    esses dias, cá por essas bandas, fiz um arrozinho com chá de cardamomo e ainda taquei umas amêndoas pra ornar.

    ficou delíciaaaaa!

    beijo menina 😉

    Curtir

  • ahuahaa, arroz com chá de boldo não dá mesmo, nem com pau amargo, kkk. Beijos

    Karina, do mariacarambolam

    Curtir

  • Daiane disse:

    foi chá menina foi chá…

    Que dica maravilhosa! acho que vou experimentar com chá de tomilho. O está ali na bancada secando, tadinho…

    Curtir

  • Ila Fox disse:

    Que delícia! também amo limão! vou tentar esta experiencia em casa.

    Ah, eu amo um perfume que chama Light Blue, pra mim ele tem cheirinho de limão! hahaha, experimenta qualquer dia desses, é da Dolce & Gabbana, acho que vc tbm vai gostar!

    Curtir

  • Tata disse:

    menina, que idéias boas demais da conta!
    arroz, pão, gelatina… hmmm
    quero tudo!!!

    só acho, katita, (opinião da farmacêutica aqui) que depois que prepara o chá e ainda põe pra ferver de novo no arroz, perde as propriedades. delicinha deve ficar sim, mas pra cuidar da pressão são outros quinhentos. será que não seria o caso de só adicionar já mais do meio pro fim da secagem?

    aliás, pra aproveitar o máximo dos chás de folha, que são mais sensíveis e tem as substâncias mais voláteis, deve-se apenas colocar em infusão – diferente das raízes, sementes e cascas.

    mas pra culinária criativa tá lindo! vou testar e te conto depois!!!

    bjin

    Curtir

    • Katita disse:

      Chi,Tata, tem essa parte, né flor? Luxo ter farmacêutica de plantão!
      Então vamos fazer assim, vamos considerar só o gostinho da erva e deixar as funções milagrosas das folhas de lado nesse momento, né? Porque o gostinho é bom demais. E acrescentar no final não sei se rola… penso que o gosto ficaria muito fraco.
      =/
      Beijo,
      K.

      Curtir

  • Anamaria disse:

    Katita, minha flor, passou enfim minhas cólicas, rsss
    Vou experimentar essa lokura, podicrê.
    Brigadim, bjim,

    Curtir

  • Rachel Chamusca disse:

    Ka, aprendi com minha mãe a colocar um colherinha de erva doce na água do cuscuzeiro. Menina, voce não imagina o cheiro delicioso e o bouquet delicado que saboriza a massa do cuscuz, tanto de milho como o de tapioca cozido.

    Curtir

  • Erica disse:

    A gente lê e pensa: “Como é que nunca pensei nisso antes??!!”
    Mas na verdade isso tb é dádiva que mora numa cidade dessa tua aí, né? Aqui no Rio de Janeiro, no centrão da capital, onde vou arrumar folha de limão?…
    Mas vc CONTINUA sendo minha fonte inspiradora (depois do tanque, viu?) e item já na minha lista “A FAZER”.
    Mil bjs p vc!

    Curtir

  • Suzy disse:

    Ei, moça, tenta chá de hibisco e joga por cima umas pétalas de chá de rosa…fica arrozinho da barbie 😉
    por aqui faço muita gelatina de chá, sobremesa light, bonita e refrescante. Tava inda agorinha tirando foto duma de chá de hortelã e erva doce pro papinha. Vai na lancheira de Pedro Luna pra substituir a da escola, cheia dos corantes.
    beijocona,

    Curtir

    • Katita disse:

      KAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKA!
      Ai, Suzy, pirei aqui no arroz da Barbie!!!!!!!!
      Que coisa linda é essa, geatina de chá na lancheira do guri? Ele gosta? Jura?
      Afffff! Bento entorta o nariz feio pra gelatina. Ele acha MUITO esquisito, o boboca (mas eu também).
      =)
      Beijim,
      K.

      Curtir

  • evelyn schuermann disse:

    K, cuidado se manchar toda esfregando a folha do limoeiro pelo corpo! vai q é tão perigoso qto o sumo..

    Curtir

  • marina maria disse:

    Katita, outro dia tava lá fazendo meu arroz e pensei: se faço cuscuz com chá, será que dá certo fazer o arroz também? Fiquei com essa ideia matutando na cabeça… mas nem precisei adivinhar como ficaria, você já testou por mim! E testado por você já é certeza de ficar bom.
    Beijoca!

    Curtir

  • Leili disse:

    Meu Deus Katita! Como não pensei nisso antes. Eu que adoro um arroz! E vivo perdendo ervas em casa… Também adorei o detalhe do cheirinho da folha de limão. Minha avó dizia que é bom cheirar folha de limão rasgada quando se tem enjôo. Beijos

    Curtir

  • Fran - Curitiba disse:

    Que boa idéia Katita, eu sempre jogo umas folhas de manjericão ou orégano na água do macarrão… da um samba bom tb!!! Minha mami tb mora em uma chácara e fazemos o mesmo q vcs qdo eu chego la… tudibão!!! Grata pelos seus lindos posts, acompanho tudo! Beijos.

    Curtir

  • Olá!
    Eu sou leitora desde o início!
    Mas nunca me manifesto! Mas esse perfume de limão me inspirou!
    Pra dizer q eu amo seus post! Leio todos!
    E sou apaixonada por vc e suas coisas!
    Por sua causa não uso mais porta copos pq td precisa ter história mesmo!

    Obrigada por alegrar minha vida
    Beijão
    Jamile

    Curtir

  • Vera disse:

    Você é uma pândega!!! Vou tentar o arroz… Pão com chá e geleia com chá eu já tentei e também dá samba. O pão foi com chá de canela e a geleia foi de pêssego com chá darjeeling.
    Beijos!!

    Curtir

    • Katita disse:

      Vera, sua danada! Pão com chá, hein? Acabou de cair a ficha que o meu pão de manjericão, ao invés de bater água com ervas, eu deveria fazer o chá antes para ficar mais concentrado. Arrasou, adorei!
      E essa geléia fechativa?
      Beijo,
      K.

      Curtir

      • Vera disse:

        Essa geleia fechativa é somente pêssego, açúcar e um saquinho de chá darjeeling. Dá um charme!
        Para a minha conterrânea: Eu sou do Rio também, mas moro muito longe e tenho um pé de limão cravo num vaso, plantei de semente e nasceu! Agora se tiver algum quintal amigo a folha do limão deve ser mais cheirosa.
        Beijos!

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Cozinhando arroz com chazinho no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: