Troquei a balada por um sanduíche caseiro, e foi jogo!

10 de março de 2012 § 15 Comentários


(ai, como eu odeio foto com flash!)

Tô muito baladeira. Com a desculpa de assistir a tudo de bom que está em cartaz no cinema, depois vem uma esticadinha, e daí já viu, né? Uma passadinha no Dois de Julho para ver o que tá rolando no Mocambinho e no Líder; uma passadinha na Mouraria para comer um pastel de mariscada nos Internacionais; uma passadinha na Barra para ver o que tá rolando no La Lupeta; geral no Rio Vermelho; geral no circuito D’Venetta, Oliveira, Ulisses, no Santo Antonio… e em cada um desses lugares vou encontrando um povo delícia e vou ficando.

Mas hoje eu não segurei a onda não. Fui ver O Artista (LENDO), e na volta dei uma passada BÁSICA, de praxe, no Dois de Julho e quando vi a fofa da atriz Raíça Bonfim atravessando a rua montada num figurino de senhora, muito deprimida, entendi imediatamente que estava rolando alguma performance no Líder, porque aquela não era a Raíça, era uma personagem, óbvio. Parei, entrei, adorei, mil gentes, mas eu estava com sono acumulado e fome. Deu uma vontade de comer em casa. Um sanduíche. Eu tinha queijo cottage, peito de peru, mas precisava comprar um pão bala, uma rúcula e um vinho, né? A Perini fecharia em 15 minutos quando eu tive esse insight, e me despedi correndo do povo teatral ótimo que estava por lá (PaulaLice, eu te amo também) e sai correndo. Enfiei o pé na porta se fechando e consegui entrar LINDA no último segundo com os funcionários querendo me matar (sorry!).

Comprei o que precisava e cá estou eu a me deliciar com meu programa de sábado à noite: sanduíche de pão australiano (preto e leve com gergelim) aquecido, rúcula temperada com azeite de oliva, sal e pimenta, peito de peru e cottage; com um carmenèrzinho chileno baratinho e delícia. Na “vitrola” Henri Salvador provocando alguma melancolia. Tô feliz, porém.

Gente, quanto filme bom em cartaz, hein? Vocês viram Minhas tardes com Margheritte? E Conto Chinês? E Hugo? E Inquietos? E O Artista? E O Palhaço? E As mulheres do 6° andar? E A Separação? Afe! Todos deliciosos! Amanhã vou ver Românticos anônimos, uma coisa lambuzada de chocolate… vai que rola um post.

*com a boca cheia de sanduíche*

§ 15 Respostas para Troquei a balada por um sanduíche caseiro, e foi jogo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Troquei a balada por um sanduíche caseiro, e foi jogo! no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: