Vai uma quentinha aí?

8 de janeiro de 2012 § 39 Comentários

Tem gente que acha deselegante pedir ao garçon para embalar o que restou do almoço ou jantar. Eu acho uma bobagem. A menos que a quantidade e a qualidade não justifiquem, eu levo sim. Tem regrinha, porém: salada não vai e não misturo as guarnições, tudo separadinho.

Há algumas semanas, por exemplo, eu estava trabalhando no Rio Vermelho e parei para comer um dos meus pratos preferidos que é o Arroz de Pato do Boteco do França. Estava sozinha e mesmo pedindo o baby, e mesmo sendo divino, é MUITA comida e só comi metade. Agora me explica: por causa de quê eu não ia levar meu rico (e nada barato) arroz de pato? Para chegar em casa de noite e sofrer de desejo? Eu, hein? Nasci pra sofrer, não, colega.

Esse povo quanto mais pobre mais metido a besta, já viu? É ruim de eu não levar meu arroz de pato. Bah!

§ 39 Respostas para Vai uma quentinha aí?

  • Diane Lorde disse:

    Se não levo para mim mesma levo até para minha bela cadela…rsr no caso de carnes e aves. Lana minha filhota de 4 patas, adora!rsr

    Curtir

  • Andrea Meneghel disse:

    Fui provar o tal do arroz de pato ontem, no jantar e… adoramos!
    Eu e marido dividimos o baby e não sobrou nada pra contar a história, nem pra levar na quentinha (que eu peço sem medo ou vergonha de ser feliz).
    Beijos.

    Curtir

    • Katita disse:

      Ai, minha querida Andrea, ufa! =)
      Menos um da listinha que eu vou te passar hoje na hora do nosso almoço. Já sei onde vou levar vocês!!!!!!
      Beijo de expectativa,
      K.

      P.S.: Você foi reclamar do calor, viu que amanheceu chovendo né? =)

      Curtir

  • Luciana disse:

    Levo tudo… pizza, frango, arroz hahahah. Ainda mais pq eu e marido sempre tomamos umas geladas e não sobra muito espaço pra comida, mas é só chegar em casa que a fome vem!!! Beijo Katita! Amoooooo seu blog

    Curtir

    • Katita disse:

      KAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKA!
      Sei como é Lu, a pessoa enche a pança de cevada e quando o rango o rango chega, já deu né? E ainda ficam indignados porque a comida chegou bem na hora que vocês acabaram de pedir “a última” antes do rango.
      =)
      Beijo, lindeza!
      K.

      Curtir

  • Joy Cleave disse:

    Eh isso mesmo Katita!

    A Eloisa esta certa, eh por esse motivo mesmo! hahahaha

    Curtir

  • Nanda disse:

    Musa do verão(e de todas as outras estações).
    AMO o arroz de pato do frança. Gosto bastantte do de polvo também. E da carne seca com abóbora…hum…ai, Jesus, eta God maravilhooooso!
    Vou para Salvador na quinta, passar uma semana. Acha que rola um pulinho no frança ou no café do MAM(aquela vista, com uma caipi-qualquer-coisa, cai que é uma dilícia!) ?
    E a quentinha? Sempre!

    Curtir

  • Chá (Chayenne Michelly) disse:

    Oi Katita, aqui nos “zuza”e também pela Europa é bem comum pedir a “dog bag”. Eu aprendi com meu pai desde pequena, e detalhe, meu pai nunca chegava em casa com ela, sempre dava para alguem no meio do caminho, num semafaro, uma esquina ou parava e acordava alguem dormindo na calçada.Beijos lindona!

    Curtir

  • Cleo Andreola disse:

    Criatura,que saudades de seus textos!(ainda se diz texto?).
    Talvez eu nunca va fazer perna assada,mas aquele tomatinho,com certeza!
    E ja estou catando o livro de Danuza. Vc já leu o texto que ela diz que a felicidade é contagiosa? É muito bom,verdade pura,se cercar de gente de bem com a vida.
    Bjs Cleo Andreola

    Curtir

    • Katita disse:

      Cleo, não se já li este texto específicamente, mas acho que conheço bem a alma daquela mulher!
      =)
      Beijo enorme,
      K.

      P.S.: Fia, se não se usa mais, “azar do guarda”, para mim texto é texto, sempre!

      Curtir

  • Livia Palma-Piranhas-AL/Aracaju-SE disse:

    Fala sério gata, aquele arroz de pato é um negocio inesquecível, né não! Lembra?
    Toda vez que vou a SSA dou uma passada por lá….será porquê? HUM!
    Esta quentinha bem que podia ser minha …..Ah! Saudades!

    Curtir

  • evelyn disse:

    tem um restaurante portugues muito do fino por aqui, e a embalagem que colocam a comidinha (carissima) que sobrou chega a ser melhor que muito potinho q tenho em casa…hahahaha to louca de num pedir??!?! beijo!!!

    ah! feliz ano novo p vc, Katita!

    Curtir

  • Erika - SP disse:

    Ai Katita,
    só vc para me fazer sorrir com suas boas dicas e tiradas…
    Por favor, continue inspirada e “exalando” essa alegria gostosa, cheia de bom humor!
    Feliz 2012 para ti e que venham muitos e muitos posts deliciosos!!!

    Bjs de quem sempre te acompanha e adora…Erika

    Curtir

  • Confesso que ainda preciso evoluir nesse quesito, tenho vergonha de pedir pra levar o que sobrou. Primeira confissão de 2012…rs

    Beijo, Katita!

    Vanessa

    Curtir

  • Vanda Vrech Leite disse:

    Oi Katita, Feliz 2012.

    Ainda não postei no Pitéu esse ano mas estou de olho em tudo, torci muito por você.
    E passei aqui só prá dizer que dificilmente entro aqui e não saio com um sorriso no rosto, de orgulho, de prazer ou qualquer outro nome que eu possa dar.
    Ri muito com o “Nasci pra sofrer, não, colega. E com, “Esse povo quanto mais pobre mais metido a besta, já viu? Bah!
    Você é mais viu. Grande beijo.
    Vanda

    Curtir

  • fernanda iasi disse:

    Sou louca por uma quentinha! Acho até que a comida fica mais gostosa depois! Bjo!

    Curtir

  • Téia disse:

    Katita, já viu sagitariano tímido, e apegado a estes detalhes de vergonha??? Então, nunca me passou pela cabeça que existia outra opção além de levar para casa o que sobra. Sabes que eu sou sagitariana também, né??? Bj, lindona.

    Curtir

  • Déia Kinipel disse:

    Tb trago a comida que sobra, desde que bem acondicionada

    Curtir

  • Cath disse:

    Meus fartos jantares a noite já me renderam chics jantares no trabalho. Peço pra levar sem medo! Gostei do post (=

    Curtir

  • Sônia Jacovine disse:

    gente, deselegante e jogar Comida fora, pq é o que acontece, pelo menos na maioria dos restaurantes, não podem doar, não deixam os funciónarios levar (aqui em BH a maioria dos estabeleciemntos é assimI
    Só pra rir um pouquinho…em Santa cruz (Bolívia) Conty é um nome próprio bem comum,então ouvi várioas vezes a pessoa pedindo p/ embalar para levar para o tal do Conty, até ai tudo normales, mas estava hospedada na casa de amigos e eramos só eu e o casal, bom, eles pediram para levar para casa, ai eu falei: CONTY?, eles deram uma gargalhada deliciosa, inclusive o garçom , e com a maior cara boa…continuar em casa e foi só gargalhada
    Isso foi a mais de uma década, mas a gargalhada nossa ressoa até agora nos meu ouvidos
    A próposito, era um pollho com papas divino, o nosso bom e velho grango com batatas, mas com uns temperinhos que sã´dos Andes, tipo locoto, que é um tipo pimentão que dá um gosto mara.

    Curtir

  • Grace Alonso disse:

    Concordo dimais Katita! Eu morria de vergonha! Depois que fiz redução de estomago deixei de besteira, nunca podia comer em lugar a la carte pq ia sobrar muuuita comida! Agora eu peço para embrulhar sem vergonha nenhuma, ainda mais que ninguém se preocupa em fazer porções pequenas!!! É ótimo pq sempre garanto a refeição seguinte e não preciso ir pro fogão cozinhar só pra mim, q vamos e venhamos é meio chato as vezes!!! Bjoks

    Curtir

  • Li disse:

    Katita, também sou da turma. Fui em um restaurante esta semana, estávamos em 3 pessoas, pedimos bacalhau e sobrou horrores, pois pedimos uma porção e meia. Adivinha??? Pedi para o garçom embalar e serviu para mais uma refeição caprichadíssima, e para a minha surpresa a embalagem tinha divisórias internas, achei providencial, já que a gente come pelos olhos e não rola se ficar tudo uma lambança com cara de comida sobrada.Beijos

    Curtir

  • Eloisa Vidal Rosas disse:

    O nome ‘doggy bag’ é uma gozação, porque as pessoas que tinham vergonha de dizer que queriam levar o que sobrara inventavam a justificativa que seria para o cachorro… aí virou doggy bag, ou seja, ‘quem está acreditando que é mesmo para o seu cachorro?!’

    Curtir

  • Joy Cleave disse:

    Eu concordo!

    E digo mais…Acho “quentinha” bem mais legal que “doggy bag” como chamam por aqui.
    Acho tao mais sonoro e representativo do que eh… Imagina se eu ia dar meu rico arroz de pato pros cachorros? HAAHHAHAHAHA

    Curtir

  • Sónia disse:

    Ahhhhh, tanta quentinha eu já levei pra casa!!! rsrsrrs
    Beeem bom!

    Kiss

    Curtir

  • Fábio disse:

    Hahahaha, eu sempre levo os restos, para de noite não ficar na vontade e não estou nem ai pra quem achar ruim.

    Curtir

  • Karine disse:

    Oxe, eu concordo plenamente. Quero nem saber de quem não acha legal…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Vai uma quentinha aí? no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: