Pé de urucum

27 de outubro de 2011 § 38 Comentários

Eu não sei aí, mas no interior da Bahia é muito comum o uso do colorau (corante em pó feito à partir da semente do urucum) em toda sorte de ensopados (especialmente de galinha), feijões e até no arroz! Só para dar cor mesmo porque gosto não tem nenhum, não que eu tenha detectado. Eu não uso não, não acho graça, mas essa cor meio terracota linda de morrer sempre puxa meu olho na feira, dá logo vontade de tingir alguma coisa.

O pé de urucum é muito louco. Ele dá em cachos de um fruto espinhoso meio oco que a gente abre ao meio e encontra lá dentro as sementinhas, que uma vez esmagadas viram o pó de colorau. Estes frutos que eu colhi do quintal da mamãe já estavam passados e não tinham mais aquela cor viva, mas dá para entender o movimento, né?

Aqui em cima o colorau pronto para a venda que eu fotografei numa feira livre em Vitória da Conquista. Não falei que essa cor puxa meu olho?

(!) Obrigada às colaborações das leitoras nos comentários que ajudaram a deixar o post mais redondinho. =)

§ 38 Respostas para Pé de urucum

  • Eveline Girão disse:

    Katita,
    queria te fazer um convite…
    Meu marido está indo para Salvador neste próximo sábado ( 05/11/11) para duas apresentações no Teatro Castro Alves com o musical “É com esse que eu vou”. Se vc estiver disponivel e quiser ver o espetáculo, me avisa, que terá um par de convites na bilheteria em seu nome. Me fala qual o melhor dia pra vc, sábado ou domingo. Aguardo seu contato.
    Beijos
    Eveline

    Curtir

    • Katita disse:

      Eveline, sua fofa! Mas ó zebra: no sábado já comprei ticket para ver o lançamento do Música para Churrasco de Seu Jorge, e no domingo eu trabalho! =(
      Mas eu te agradeço do mesmo jeito, como se tivesse ido tá?
      Um beijo super carinhoso e grato,
      K.

      Curtir

  • Lindo, mesmo, Katita. Minha filha trouxe da escola umas sementes de urucum, são bem parecidas. Mas acho que o urucum é só para colorir, não é comestível. Bjos

    Curtir

  • Joy Cleave disse:

    Minha mae usa o danado do colorau ate hoje. Nao pode faltar na cozinha dela.
    Ela usa em cozidos fumegantes, praticamente tudo que leva carne vermelha! 🙂

    Curtir

  • Marilia disse:

    Oi Katita, tudo bem?

    eu tenho usado em casa o óleo de urucum (que vi numa revista de culinária a um tempo atrás). Fiz assim: aqueci coisa de uma xícara de chá de óleo – sem deixar aquecer demais. Daí acrescentei coisa de uma colher de sobremesa rasa das sementes de urucum. Deixei esfriar e penerei. Tenho gostado de utilizá-lo. Principalmente quando estou meio sem tempo de esperar que as carnes dourem lentamente ao fogo.

    Um beijo para você.

    Curtir

  • TEm gente que usa a semente de urucum amassada para bronzear.

    Esse procedimento sem o uso de protetor solar pode ocasionar cancer de pele?

    Obrigado,
    Aguardo resposta.

    http://imobiliariasemgoiania.wordpress.com
    http://www.classihome.com.br
    http://www.moratiimoveis.com.br
    http://seuimovelsemgoiania.blogspot.com

    Curtir

  • Luiza disse:

    querida katita!
    tem tempo que nao passo por aqui, mas sei que vc entende a correria do dia a dia… mas seu piteu continua lindo!
    Pe de urucum é lindo e sempre que nos esbarramos em algum, as crianças adoram usar pra se pintar igual a indio… Bento ja experimentou????
    :))))))))))))
    um bejo querido e com saudade,
    Luiza

    Curtir

    • Katita disse:

      Amiga Luiza, tenho pensado tanto em você desde o aniversário de Tomás. Fico aqui olhando os mimos de vocês e sofrendo um pouco com a distãncia entre nós. Incríve que eu e o Marcus não tenhamos nos visto!
      =(
      Beijo de amor e saudade, bom demais você aquiiluminando tudo com esses olhões de luz que vc tem.
      K.

      Curtir

  • Aline Neme disse:

    K… aqui no ES nós aquecemos as sementes do urucum no azeite, que por sua vez fica com uma cor laranja linda… daí coamos e utilizamos na moqueca, bobós e afins.

    Aqui… se joga no face mona… tem muita coisa bacana rolando por lá… muita coisa legal mesmo… me rendi a pouco tempos, pensei até que me arrependeria, mas estou gostando!

    No hora que der um tempinho, lembra de mim e do tel da Uilma!

    Em tempos… queria tanto ter vc aqui para organizar o 1º aninho do herdeiro!!!!!

    Bjundas

    Curtir

  • Mariane disse:

    Aqui em Floripa o ilhéu usa muito, só pra dar cor mesmo, mas um caldo de peixe com essa corzinha fica uma beleza. Ui, só de pensar me deu água na boca!

    Beijo

    Curtir

  • Omeletegirl disse:

    ai, Katita!!!!

    fui laaaaaaa atras, num tempo bom que ja passou …
    quando eu era menina pequena e que minhas tias cozinhavam com colorau todas as receitas que vc citou!!! e eu tb, quando ajudava a fazer o almoço. lembro que se colocava colorau demais o arroz ficava meio amargo.
    em casa nos nunca usamos, na minha casa eu nao uso. acho que exsite aqui, mas nao sei como chama.
    lembro tb que minha irma mais velha quase quebrou o ‘espinhaço’ numa queda que deu de um pe de colorau la no sitio onde morava uma tia. que susto que levaram, eu era muito pequena pra entender a gravidade da coisa!
    lembro que sempre que ia la queria tirar (colher) uns cachos
    mas lembrava da desventura da minha mana …
    sao lindos mesmo esses frutinhos!
    Bendita seja a criaçao. nao acham nao?!

    vou ali tirar uma semaninha de férias!

    beijocas

    Curtir

  • Maria Lucia Gomes Campos disse:

    Cara Katita, o urucum é fartamente usado no E.Santo, nas moquecas capixabas, como voce deve saber, e eu aprendi uma tecnica que tira proveito de todo o aroma e sabor da sementinha, é assim: coloque as sementinhas numa frigideira, tampe e leve ao fogo até tostar, elas começam a pular igual pipoca, cubra com éleo vegetal, apague o fogo, deixe esfriar e passe para um vidro, tampe e deixe em repouso de 5 dias a uma semana, coe, e use nas suas preparações de peixe e frutos do mar, combinma também lindamente com aves em geral. Um grande abraço. ML

    Curtir

  • Luciene disse:

    Katita, muitas saudades… Todo dia, era dia de indio com o urucum ! Praiana que era, o usava como bronzeador, sabe ne, na epoca em que a camada de ozonio nao estava tao ” furadinha ” como agora… Beijo em tu, beijo em Bento.

    Curtir

    • Katita disse:

      Querida Lu,
      Recebemos o seu lindo postal da Croácia, obrigada!!!!!!!!
      Menina, eu já ia perguntar aqui quem é que já tinha usado óleo de urucum para bronzear. Eu tinha umas amigas muito lokas que se torravam e eu achava muito punk!
      =O
      Beijo de saudade,
      K.

      Curtir

  • Sandra disse:

    Olá Katita

    Adoro teu blog, teu estilo de escrever é muito fofo. Mas queria te dar uma dica, talvez voce até já conheça este blog que vou indicar, mas aí está:http://come-se.blogspot.com/2008/04/urucum-colorau.html, nele tá tudo explicadinho como se obtém o colorau das sementes de urucum. E muito importante, elas não devem ser esmagadas ou trituradas, aí fica amargo. Dá uma espiadinha, a autora(e não sou eu viu…rsrs) explica bem lá.Ah, ela tem uma matéria tbm sobre como se fazer a goma de tapioca que adorei, pois aqui no sul nem sei se tem pra vender, mas o aipim eu consigo, e já to vendo pra dar um jeito de fazer e depois poder saborear minhas tapiocas. Beijão

    Curtir

    • Katita disse:

      Sandra, flor, a Neide Rigo do Come-se é uma mulher da terra, muito sabida, por quem tenho enorme respeito. Se eu pudesse ler blogs todos os dias, o dela, com certeza seria dos meus eleitos, mas dou dar uma lida neste post sim.
      Obrigada e um beijo, queridona!
      K.

      Curtir

  • Dricka disse:

    Apois, eu, como uma boa da descendente de nortistas que sou, sou chegadinha num colorau, mas daqueles da terrinha que é pra mode avremeiá sem dó nem piadade!
    Bjins

    Curtir

  • Mobral Culinário disse:

    katita,

    sabes que fiquei enlouquecida foi com esse diabo desse cacho? que marrom lindo é esse? e esse formato? e olha que eu não tô na tpm, sensibilizando com tudo.. ou estarei?

    beijo nêga, adoro ler vc.

    Curtir

  • Mayana disse:

    Delícia entrar aqui e dar de cara com um pé de urucum! É a cara da minha infância! Quando eu e meus primos eramos moleques, abríamos a casquinha do urucum e passavamos as sementes, de um vermelho muito vivo, no corpo e no rosto e brincávamos de índio. Era muito legal. Agora, na comida, concordo com vc, acho meio sem graça.

    Curtir

  • Katita,

    carinho é, mas vale cada centavo. O troço é bom demais! Tou imaginando ele num brigadeiro de colher (os floquinhos crocantes do Ovomaltine derretem na boca)… Ave, vade retrum satanás! 🙂

    Curtir

  • Urucum é infância total! Minha mãe usava, e muito, na comida.

    Katita, lembrei de você hoje quando fui ao mercado: achei o tal creme crocante de ovomaltine. Se eu achava Nutella um pecado, o creme de Ovomaltine é coisa do diabo de tão bom e engordativo que é. Em tempo, achei no Bompreço do Rio Vermelho e da Manoel Dias, e o preço (absurdo) fica em torno de R$ 8,90 o pote de 180 g e R$ 15,80 o pote de 350g.

    Curtir

  • Débora/Go disse:

    Aqui em Goiás isso é chamado de urucum e além da culinária é tb usado pelos povos indígenas para a pintura corporal.

    Curtir

  • Taci disse:

    Ah, lembrança da minha infância! Minha avó seeeempre colocava colorau no arroz, eu não gostava, implicava…mas nem tem gosto mesmo, era só birra de criança.

    Curtir

  • Jana Lopes disse:

    O nome é Urucum!
    Colorau é o nome popular dado ao condimento e/ou corante feito com a semente do Urucum, que é o fruto do Urucuzeiro (Bixa orellana).
    😉

    Curtir

  • Katita,

    Quando vejo colorau só lembro de minha vó cozinhando. Ela usava muiiito.
    bjs
    Marcia

    Curtir

  • Marilene da Silva Bastos disse:

    Esse colorau me lembrou minha infancia, minha mãe só fazia arroz com ele, tb nunca achei nenhum gosto diferenciado, mas adorava aquele arroz laranja….um dia que não sei precisar quando o colorau abandonou as nossas panelas… saudades de ser criança….mesmo com uma infancia difícil….

    Curtir

  • Babi disse:

    Katita,

    Em casa a gente usa só pra dar cor na comida, sem alterar o sabor… assim também dá pra comer “com os olhos”…

    Beijo!

    Babi

    Curtir

  • roxane disse:

    Pé de colorau: mais (ou menos?) conhecido como urucum. Os antigos donos desta nossa terra, que acabaram sendo denominados “índios”, usavam para colorir sua pele. Lindo, lindo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Pé de urucum no Pitéu.

Meta

%d blogueiros gostam disto: