Basmati de bacalhau

14 de maio de 2011 § 16 Comentários

Aproveita o bacalhau que ficou encalhado da Páscoa, que o povo não vendeu e caiu de preço, sabe como? E faz esse arroz, por obséquio?

Tem dois tipo de arroz aromático indianos relativamente fáceis de encontrar nos mercados: o jasmine e o basmati. São muito parecidos olhando no saco, mas diferentes na panela. Quando eu descobri este espetáculo há muitos anos já, me encantei pelo jasmine só por causa do nome. Só queria saber de servir arroz jasmine, ó que coisa mimosa! Daí, só porque um dia não tinha jasmine eu comprei o basmati, e não voltei mais para o jasmine, a menos que não tenha basmati.

A diferença na minha opinião é na textura, porque no cheiro incrível (mesmo antes de cozinhar) e no sabor absolutamente peculiar, são muito parecidos; mas a textuta do basmati é bem melhor, e ele sempre fica mais durinho, íntegro, ao contrário do jasmine que parece absorver mais água e inchar mais.

Para 2 pessoas, lave muito bem 1 xícara bem cheia de basmati. Esquece da vida ali na torneira até que a água da lavagem saia muito branquinha, isso é fundamental. Deixe escorrer e secar numa peneira (gosto de fazer isso ao sol). Coloque 3 xícaras rasas de água, uma colher de manteiga e uma de café rasa de sal numa panela quando levantar fervura junte o arroz, abaixe o fogo e tape parcialmente a panela. Desligue o fogo quando estive quase cozido al dente, feche a tampa, abafe e deixe completar a cocção assim.

À parte prepare o bacalhau. Coisa de 400g de bacalhau dessalgado, aferventado no leite e desfiado. Refogue cebola no melhor azeite de oliva do mundo, junte o bacalhau, azeitonas pretas e salsinha. Quando estiver lindo e cheiroso some o arroz. Regue com mais azeite de oliva e foi! Prato único lindo, delicioso e bem na fita com saladinha verde com palmito, tomates, whatever…

§ 16 Respostas para Basmati de bacalhau

  • ane disse:

    Receitinha de mais de 2 anos mas fantástica para quem quer fazer Natal em casa e é preguiçoso. É o meu caso. Por isso, me arrisco a recolocar a questão: se não lavar o arroz não fica legal mesmo? Ótimo seria lavagem opcional, pois confesso, que a preguiça aqui é maior que tudo. Mas, como o bolso é meio que pequeno, não posso me dar ao luxo de estragar o refinado peixe. Aguardo resposta porque o Natal está na porta…Beijo!!!!

    Curtir

  • Cynara disse:

    Katita,vou fazer o meu sem lavar.
    Só como arroz em casa,por aí peço outro acompanhamento pq só gosto de arroz ‘garrado’….rsrsr
    Bj.

    Curtir

  • Seu novo espaço é lindo e continua a sua cara. Parabéns por tudo. Receitas, palavras, fotografias. Tudo delicado e bem cuidado. Abraços, Adriana.

    Curtir

  • Patrícia disse:

    Katita, será que se eu colocar um tiquinho de creme de leite no final do preparo eu estrago o prato? Você já experimentou?

    Curtir

  • livia curi disse:

    Katita…seu blog continua lindo e delicioso!!!
    Beijos

    Curtir

  • Valerie disse:

    tão tá… mas o meu arroz fica soltinho, soltinho… e nas embalagens daqui diz pra não lavar… esse chefe que mencionei se chama Robert Kranenborg e é um dos mais famosos por aqui, mas não deve ser conhecido além das terras dos países de baixo ;)… mas quero experimentar fazer uma vez do seu jeito!! e viva as diferencas, é isso q deixa a vida e a cozinha mais gostosa né não?! Beijo e bom domingo

    Curtir

    • Katita disse:

      Valerie a única forma de entendermos tantas opiniões soltas sobre os mesmos temas na cozinha é experimentando e escolhendo o que mais nos agrada. O resto é expeiência do outro!
      =)
      Beijo enorme, querida, e bom domingo também.
      K.

      Curtir

  • Valerie disse:

    Eu sempre faço basmati e não lavo. Por coincidencia nessa semana estava assistindo um programa de culinaria e o cozinheiro lavou o basmati, o chefe ficou muito bravo e disse que todo o sabor caracteristico do arroz tinha ido embora. Entao minha pergunta eh: pq vc diz que tem q lavar muito e ainda por cima deixar secar? beijokas

    Curtir

    • Katita disse:

      Valerie, eu vou discordar deste chefe. O sabor do basmati não se vai com a lavagem, gata, posso te garantir. A gente não lava arroz quando qur uma textura cremosinha. Eu lavo e escorro porque gosto dele soltinho. Inclusive, se você ler as instruções na embalagem verá que eles mandam lavar (não que devamos ser obedientes sempre), e depois, os indianos também lavam, segundo o Cozinha Indiana da minha coleção Cozinha das 7 Famílias (Larousse)!
      =)
      Beijim,
      K.

      Curtir

  • Simone Marcelino disse:

    Esse já virou um clássico aqui em casa..marido adora!
    Bjs

    Curtir

  • clarice disse:

    Mmmm ……vou fazer minha fofa.
    Depois conto.
    bjs
    Cla

    Curtir

  • ISABEL disse:

    Lindo dia prá voce Katita…
    Esse Pitéu, está me dando animo de voltar a fazer comidinhas …Bom fim de semanda, beijo em Bento

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Basmati de bacalhau no Pitéu.

Meta

%d blogueiros gostam disto: