Pé de canela

1 de abril de 2011 § 58 Comentários

Eu gosto tanto de canela que eu até moro num bairro chamado Canela, mas só descobri que tinha um pé de canela no quintal da mamãe, da última vez em que eu fui para lá. Abri o potinho de louça do kit de especiarias da mamãe para aromatizar com canela de pau o doce de leite que já estava no fogo, e descobri que… que… que… NÃO TINHA CANELA!

– Como assim, minha mãe? Não tem canela?

– Minha filha, não tem canela que chegue aqui nesta casa; é bolo, é mingau, é cocada, é doce, é caldo… chega uma hora que acaba, né?

Nossa querida Lu, aquela que tem o dedo verde e arrasa na manutenção das plantas, que entrava na cozinha com as garrafas cheias de água de coco que tinha acabado de abrir, perguntou logo:

– Ô, e por que não pega canela do pé?

Eu olhei para a minha mãe como quem pergunta “você sabia que tínhamos pé de canela?” e ela disse:

– Menina, é mesmo! Temos pé de canela! Mas eu não sei como extrai. Tu sabe, Lu?

– Eu nunca tirei não, mas deve ser quebrando as galha’, não?

– Lu, me mostra este bendito pé de canela agora, nega! Eu disse, já partindo para o quintal.

Eu nunca tinha visto um pé de canela, e achei o máximo ficar diante de um. Cheirei logo as folhas, que não denunciavam assim de pronto que aquilo era de fato canela, mas quando a gente rasga a folha já dá para constatar, embora o cheiro ainda fosse tímido. Aquilo devia dar um bom chá, pensei, mas parti para os galhos meio avermelhados, que era o que me interessava. Peguei uma faquinha raspei o tronco e o cheiro de canela veio mais forte. Eu já tinha lido n’algum lugar que para obter a canela em pau que a gente compra nos mercados, extrai-se a casca do tronco e dos galhos e deixa-se secar ao sol, mas como eu não tinha tempo e nem sol, resolvi descascar um pedacinho do tronco, lavei as casquinhas e as taquei na panela sem fazer a menor idéia de como elas se comportariam no meu doce.

E não é que deu certo? As cascas de canela, mesmo “verdes” soltaram seu delicioso cheiro e sabor, um tanto mais tímidos do que costumam ser quando sequinhos, mas a canela estava lá, canela do nosso quintal!

=)

§ 58 Respostas para Pé de canela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Pé de canela no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: