As fabulosas almôndegas do Jamie

31 de março de 2011 § 43 Comentários

Se eu tivesse que escolher um cozinheiro para reproduzir-lhe todas as receitas, à maneira do projeto Julie & Julia, este cozinheiro certamente seria o Jamie Oliver. Apesar de uma certa gastura com toda aquela hiperatividade, ele é um grande chef, e sem dúvida, continua sendo o meu preferido. Adoro seu estilo prático e sem frescura, a rusticidade elegantérrima de seus pratos incríveis feitos até em fogo de chão, sua habilidade e conhecimento no cultivo dos seus próprios vegetais, sua capacidade incrível de acentuar o que há de melhor em cada matéria prima através de técnicas quase sempre muito simples, e principalmente, as suas escolhas. Não sou muito de seguir receitas, mas as dele me atraem sobremaneira, e não há uma sequer que não tenha ficado nada menos que espetacular.

Estas almôndegas eu já havia publicado no Rainhas do Lar, e como prometi trazer para cá ou refazer o supra-sumo do que publiquei lá, esta não podia, de forma alguma, ficar de fora.

Tome numa tigela 500g de carne moída da melhor qualidade (eu usei miolo de alcatra), 1 fatia de pão (usei italiano) bem esmigalhadinha, 1 colher de sopa rasa de orégano, 6 sementinhas de cominho piladas (não deixe de fazer se não tiver), 1/4 de pimenta dedo de moça picadinha, 1 colherinha de chá de alecrim fresco picadinho (hoje usei seco), 1 gema de ovo (hoje eu não tinha ovo e substitui por uma colher de sopa bem cheia de azeite de oliva extravirgem para dar liga), 1 colherinha rasa de chá de sal e pimenta do reino moída na hora a gosto. Misture tudo com os dedos. A essa altura da receita, o Jamie sugere em seu Chef sem mitérios, como gracinha opcional, refogar 1/2 cebola e 1/2 dente de alho picadinhos num pouco de azeite de oliva com mais 1/2 colher de sopa de mostarda Dijon, e juntar depois de morno à mistura de carne. Da primeira eu fiz exatamente assim, mas hoje eu apenas somei um tantinho de alho processado e a mostarda diretamente à massa, com mais um fio de azeite de oliva, e não acho que as minhas almôndegas de hoje pudessem ter ficado melhores.

Faça as almôndegas com as mãos úmidas, frite-as em azeite de oliva, virando-lhes os lados para obter um bronzeado uniforme, e reserve-as. Agora tome um refratário, deite as almondêgas úmidas pelo azeite da panela, cubra com o molho de tomates mais sincero que você puder fazer (preciso trazer a minha receita de molho de tomates sincero para cá) ou comprar; agora rasgue por cima algumas fatias de mussarela e um belo punhado de manjericão fresco, e leve ao forno pré-aquecido para aquecer o molho e derreter o queijo.

Se for para fazer almôndegas, que sejam perfeitas. Posso garantir que é o caso destas aqui, confiem em mim!

§ 43 Respostas para As fabulosas almôndegas do Jamie

  • Roberto disse:

    Muito boa , adoreiiiiiii

    Curtir

  • Lígia disse:

    Katita, você acha que rola de congelar essas almôndegas? Assim, será que elas vão continuar maravilhosas assim? Seria uma mão na roda ter coisas tão suculentas pré-prontas, né?
    Outra dúvida: qual é, mais ou menos, o tamanho das suas?
    Beijos!

    Curtir

    • Katita disse:

      Super rola, inclusive com o molho! Quando você for comer, descongela e leva ao forno, colocando o queijo apenas neste momento.
      Pega leve no sal porque o congelamento parece intensifica-lo!
      Vá com fé!
      Beijo,
      K.

      Curtir

  • Helba Credidio disse:

    Menina, fiz essas almôndegas e o tempo fechou aqui em casa. Deu briga!. Eu achava que tinha uma ótima receita de almôndegas até ver essa aqui. Quebrei paradígma e me dei bem. Sua receita é parecida com a minha, mas a sua possui detalhes que fazem a diferença.. se fazem. Parabéns… Mais uma receita que tiro daqui e que me agrada muito. Preciso te escrever mais, te dizer coisas toda vez que faço uso de suas receitas. Abraçod

    Curtir

  • Leticia disse:

    AiJisuis, que vontade dessas almôndegas! Mas, Katita, me diga: as suas almôndegas não ficam “vermelhas” dentro? O que será que faço de errado? (claro que não usei essa receita, mas deve ser algo com relação ao tamanho ou tempo de cozimento né?)
    Amo Jamie e amo vc 😀
    Bjs

    Curtir

    • Katita disse:

      Leticia, gostosona, é isso mesmo! Depende do tamanho, tempo e FORMA de cocção. No caso destas aqui, são fritas antes de irem ao forno, ou seja, duas cocções, daí não tem como ficar cruinha por dentro! E quanto menores ou achatadas maiores as chances de uma cocção bacana por dentro, mas também não precisa ser pequenininha demais.
      Beijim,
      =)
      K.

      Curtir

  • Adrianaa disse:

    Katita flor, o que são essas almôndegas????? Como pude perder tanto tempo sem ter provado tais preciosidades???? Aproveitei esse domingo mais que chuvoso e fresquinho e fui pra cozinha fazer as pérolazinhas com macarrão fresco! Sem esquecer o molho honesto, como vc sugeriu!!! Maridinho fez plantão essa madrugada e achei que ele merecia ter almoço de rei!!!! O cara comeu tanto que foi dormir de novo!!!rsrsrsrs. E o melhor é que sobrou carne para fazer hambúrguer a noite, a pedido do marido!!!!! Parabéns pela casa nova e sucesso sempre!!!!

    Curtir

  • Karina disse:

    Katita,

    Nêga, vou te falar uma coisa: vc é uma fofa! Suas receitas, o jeito que você escreve! Parece que sou sua amiga!!!! É uma delícia chegar do trabalho e procurar as novidades do Pitéu!! Adooro!!! Obrigada por colorir as minhas tardes e encher de sabor e aconchego a minha cozinha!!!

    Curtir

  • Elaine disse:

    Parecem deliciosas mesmo.
    Uma suculência q dá pra “sentir” pela foto.
    Adorei.
    Bjs

    http://momentoscodificados.blogspot.com/

    Curtir

  • Eliane Dourado disse:

    Meninaaaa…sobrou??? rsrsrs…Katita, aproveitando minhas linhas, sempre que ouço a música do Chimarruts lembro de vc. Até minha filha de 4 anos fala que é a música da Katita (kkkkkkk)” …Do lado de cá,
    a vista é bonita
    A maré é boa de provar
    Do lado de cá, eu vivo tranquila
    E o meu corpo dança sem parar
    Do lado de cá tem música, amigos e alguém para amar
    Do lado de cá
    Do lado de cá…” Eu te imagino assim…uma pessoa leve, de bem com a vida!! Como eu gosto de ser!!! Bjão

    Curtir

  • Rafa Galvão e Galvão disse:

    AMOOOOO o J. Oliver!

    Ontem assitir o receita em 30 minutos, e nossa o cara detonou… em 28 minutos (acreditem!!!) ele fez uma linda salada de fitas de pepino com um molho show de bola usando gengibre ralado, suco e raspas de limão, shoyu, pimenta dedo de moça e coentro; fez um arroz com jasmine; um ensopado tailandes de camarão com vagem torta; camarão crocantes e de sobremesa mamão papaya, banana, iougurt mais macaron… ah, teve tb um molho cheio de especiárias, mas tinha tanta coisa que só lembro dos pimentões defumados, coentro e pimenta dedo de moça tudo no processador… gente, tava com uma cara deliciosa… estou pensando em me arriscar hehehe

    Vou ver se consigo a receita na integra.

    Ah, com certeza essas almondegas vai rolar lá em casa pro filhote.

    (afff ‘falei’ demais, sorry!)

    Beijos

    Curtir

  • Amanda disse:

    Katita,

    Lindas as fotos! Até abriram o apetite por aqui! Vc acredita que eu não gostava muito de almôndegas, até preprar uma receita do Jamie? Quando morava em Londres, perto da minha casa ele abriu uma loja, chamada Recipease, onde vendia artigos de cozinha, toda a sua coleção de livros, e pratos semi preparados, que vinham com os ingredientes separadinhos e instruções para você preparar em casa. Além disso, a loja também oferecia aulas de culinária e eu tive o prazer de fazer algumas. Uma delas justamente de alm6ondegas, e a receita preparada é bem parecida com essa que você postou. As principais diferenças: não vai alecrim, mas vai uma pitadinha de noz moscada; e vai também um punhado de parmesão ralado e raspas de casca de limão siciliano, o que, para mim, é talvez o melhor “truque” da receita. Vale a pena experimentar um dia! Como eu disse, antes dessas, eu não via a menor graça em almôndegas e não comia nunca. Agora, faço sempre em casa.

    Um beijo!

    Curtir

    • Katita disse:

      Amanda, fiquei aqui imaginando o quanto deve ser bacana essa loja (se é que ela existe), adoraria conhecê-la.
      Super obrigada pelas dicas. Já coloquei noz moscada, canela, pimenta síria e parmesão nas minhas almôndegas, mas nunca coloquei raspas de limão, e concordo contigo que deve fazer TODA a diferença. Pode ter certeza que as minhas próximas almôndegas seguirão todas as suas dicas.
      Beijo grande, bonitona!
      K.

      Curtir

  • Katita minha flor se fosse para escolher um projeto a lá Julie & Julia eu certamente escolheria o Jamie tbém.
    Adoro as receitas dele e todo o estilo, cozinhar com ingredientes frescos, rústicos, adoro!
    Meu marido diz que só tem um homem no mundo que ela acha que eu o trocaria e este homem é o Jamie hahaha vê se pode.

    Gata adorei a receita!

    Bjokas mil e um perfeito fim de semana pra vc e Bento!

    Aliás saudade de ouvir as peripécias dele.

    Ontem fiz bolo com minha afilhada, olha que fofa a boneca ajudando a dinda http://melamelancia.blogspot.com/2011/03/nega-maluca-com-cobertura-de-brigadeiro.html

    Bjokas mil…

    Curtir

  • Nereime disse:

    Katita, aqui em casa as almondegas rolam soltas, agora certamente serão ainda mais apreciadas nesta versão super aromática do Jamie!!!
    Este seu cantinho esta tão aconchegante que nem da vontade de ir embora, mas a lida me espera.
    Um grande beijo
    Nereime

    Curtir

  • eita, Katia!
    ai, meu Deusinho, que fiquei com vontade de fazer essas almondegas. a clareza da sua explicacao da uma tranquilidade pra eu tentar, sabia. e ja tem ate data, oh. talvez na proxima terca-feira. posso te mostrar depois?
    beijos e parabens pelas lindas almondegas,
    Kalina
    ps.: quem le meu comentario acha que eu sei cozinhar. mas eu nao desisto, e assim vou tendo um momentinho ou outro de acerto no fogao.

    Curtir

  • Maria Júlia disse:

    Já sei o cardápio do almoço de amanhã!!! Marido já aprovou só de ver a foto.
    kä, tenho que concordar contigo, Jamie Rules, nêga! Este livro que Joy te indicou: Ministry of food é ótimo!!! Eu tenho e tooodas as que fiz arrasaram! Lá tem a receita do MELHOR hambúrguer que eu já comi, sem exagero!Depois te mando a receita e vc testa. Só te aviso: vc nao vai querer outra coisa! Fiz uma noite de hamburguer aqui em casa, tipo cada um monta o seu, e acompanhado de um molhinho funghi e outro de gorgonzola… Afeeeeee!!!
    bjo gata!

    Curtir

  • Joana Freire disse:

    Deu vontade de mergulhar na foto.

    Jamie e Nigella, meus dois ” ídalos” ingleses!

    Curtir

  • Karla Maria disse:

    Também sou fã do Jamie e fico, cá com meus botões, pensando que quando sair o seu livro, todas as pessoas ficarão encantadas com o seu modo ímpar de transferir amor para a comida.
    Bj

    Curtir

  • Débora disse:

    Sou louca por almôndegas, essas aí parece que é de comer rezando.
    Essa receita parece com uma de porpeta italina que minha mãe faz. humm!!!!!

    bjs.

    Curtir

  • Jussara disse:

    TEM COMO NÃO FICAR SIMPLESMENTE “DIVINO”….

    Curtir

  • Simone Bello disse:

    Katita,
    Olha que eu nem sou muito fã de almôndegas,agora me rendi…vou fazer e me acabar!!
    Bjs

    Curtir

  • manoela disse:

    Ká!
    Acredita que eu concordo com cada vírgula do teu post!!?? Pra mim, Jamie é tudo, ele pode ser hiperativo, mas amo o jeito que ele faz as receitas, a mistura exata do rústico com o chique… enfim, meu ídolo culinário!
    E estas tuas almôndegas já estão na minha listinha! Em breve pularão pra dentro da panela,esteja certa!!
    bjk

    Curtir

  • Joy_UK disse:

    Que eu amo o Jamie nao eh segredo pra ninguem hehehe
    Eu to fazendo colecao dos livros dele…aiaiai Vc tem o Ministry of Food? (eu amo esse livro, ele ensina pratos basicos e deliciosos, tradicionais ingleses ate)

    Curtir

  • Paula- FL disse:

    Eu tbm gosto do Jamie Oliver, apesar de, as vezes, ficar meio chocada com os toques diferentes que ele da a pratos classicos…
    Mas flor, diga uma coisa aqui pra mim: eh dificil achar alecrim fresco por ai? Sera que plantar nao rola?
    Vejo que vc sempre usa o seco, eh opcao ou falta de opcao?
    Beijus

    Curtir

    • Katita disse:

      Paula, flor, aqui só encontro alecrim fresco quando vou a Perini. Eles vendem buquês enormes que eu nunca consigo dar conta. Uma pendência que preciso agilizar, a minha hortinha.
      =)
      Beijim,
      K.

      Curtir

  • Fábio disse:

    Espetacular, tenho até medo de fazer e não querer mais nada depois disso.

    Curtir

  • MARCIA disse:

    Katita,
    Por umas horas eu teria feito a sua receita. Hj fiz a da Faby,ainda do Rainhas, recheadas com ricota e cream cheese. Ficaram divinas tb! O mais engraçado é que eu nunca fui muito assídua ao site de vcs, de postar, e até de acompanhar. Mas qdo recebi a notícia que ia acabar, fiquei doida! Pois era uma fonte de consulta certa. Bem, estou namorando estas almôndegas faz tempo! E no preparo, fiquei o tempo todo repetindo sozinha:”um molho honesto, honestíssimo!”… rsss…Foi o que fiz, me rendi a honestidade! Tb adoro o Jaime e acho exatamente a mesma coisa que vc. Sem frescuras e tudo delicioso!
    Bjo gde e vou fazer esta receita na próxima!

    Curtir

  • Nando Reis (Nanã) disse:

    Con(chuá)fio plena(chuá)mente(chuá) “Katita Oliver”.

    (chuá)= som que a água fazia, formando uma piscina na boca, enquanto mirava a foto da divinalmôndega.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento As fabulosas almôndegas do Jamie no Pitéu.

Meta

%d blogueiros gostam disto: