Sopa de abóbora da mamãe

21 de março de 2011 § 38 Comentários

Fez-se o milagre! Tempo chuvoso em Salvador, vento forte, 22°, e até manguinha longa eu já usei por estes dias (okay, malha fria e branca, mas é manga longa, né?). Não que eu precise destas condições climáticas para tomar sopa em Salvador; se eu pudesse tomava sopa todas as noites, mas nem sempre tenho tempo e saco para fazer. Hoje, lembrando desta aqui que a mamãe fez da última vez que eu estive em sua casa, já comprei um pedaço lindo de abóbora ali na volta da escola de Bento para hoje.

Bom, o fato é que, ainda que eu siga à risca os procedimentos da mamãe, as minhas sopas nunca tem o mesmo sabor, textura e aspecto das suas, fato que só pode ser explicado pelo insólito, pela intenção, de que também é feita a comida.

Mamãe faz assim: descasca e corta a abóbora em pedaços e coloca para cozinhar em caldo de galinha ou legumes suficiente para encobri-los. Depois de cozido ela bate tudo no liquidificador e reserva. Numa panela à parte refoga cebola e alho beeeeeeeeeeem picadinhos em azeite de oliva, soma sobras de frango em fiapinhos de tão desfiados, refoga mais um pouquinho, deita o creme, mistura bem misturadinho, deixa ferver, e por último soma um punhado de salsinha beeeeeeeeem picadinha. Abafa a panela um bocadinho e serve fumegante. Só.

A quantidade de caldo vai determinar se o prato é sopa (um pouco menos densa, para não dizer mais rala) ou creme (quando fica mais encorpada, cremosa). Esta aí foi um meio termo. No caso da sopa, você pode acrescentar massinha.

Ah! Outra dica! Fazer sopa é uma ótima oportunidade para aproveitar sobras, concorda? Então, se tiver sobrinha de purê de batata, mandioquinha, inhame, cenoura, ou da própria abóbora de bobeira, some ao caldo antes de bater!

Esta é da série matadoras da mamãe.

§ 38 Respostas para Sopa de abóbora da mamãe

  • Comaaadre, estou só aperriando… mas deixa eu registrar minha nota mental?

    O dia que publicou este post, seria o dia em que minha mãe, uma adoradora de sopas faria 47 anos. Tão pouco, tão rápido, porém tão intenso! E muito orgulho e saudade desta senhora-jovem que tanto amei e amo.

    Pronto, falei!

    We love soups.

    Curtir

  • É que a comadre aqui vez perdida desenterra umas.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    (eu ri, eu ri viu!?)

    bjo.

    Curtir

  • Katita, se eu te disse que eu sou uma tarada por sopa nem crês em mim.

    Hoje sinto falta de uma sopinha feita por mãe, que era minha companheira nesse pratinho quente tão bom. É que o macharal daqui de casa não curte muito não. E uma sopa bonita pra uma pessoa só… nem dou vencimento! E também não consigo fazer pouco.

    Ai, agora quero um abraço de sopa quente de abóbora (aaamo JERIMUM! eu sou nordestina oura mais! hehehe), uma caminha, e um dengo que eu não tô boa! hunfs!

    Um beijo, um cheiro e um queijo pra ti!
    Sarita.

    Curtir

  • Oi Katita,
    É com prazer que lhe apresento meu recém-inaugurado blog em parceria com minha amiga Eliana: http://www.sosimplesassim.blogspot.com.
    Faça uma visitinha pra gente. Você será muito bem-vinda.
    Bj,
    Lylia

    Curtir

  • Nando Reis (Nanã) disse:

    Hum! Delícia! Me conta tudo desse encontro e do que ficou acertado, estou roendo unhas. Bjs.

    Curtir

  • Frances Hora disse:

    so uma coisa que eu ia esquecendo….com esse calor senegalês que se instalou em aracas…..tá osso tomar sopa.

    Fiquei na vontade e vou tomar hj!Nem que seja no quarto com ar condicionado!!! Visualizou??? kkkkkkkkkkk

    Curtir

  • Frances Hora disse:

    meninaaa, arraso!!! Achei bom pq a minha sopinha de abóbora é precidíssima com a da sua mãe!! Orgulhão, heim?? As mães sempre acertam!!!! A única diferença é que eu ponho tomilho em vez de salsa. ADORO tomilho! Heheheheheheheheheheheh

    simmmm, preciso dizer q qdo eu for para a sua casa também vou querer frapê de pinha!!!! Achei o máximo!! Nunca fiz e gracas a deus to conseguindo trazer pelo menos 1 bem grandona da fazenda nesses último tempos!!

    Ahhhhhh, fiz meu primeiro doce de leite!!!!!!ate coloquei no blog!!!!!! To me achando dona benta!!!!

    Curtir

  • Dani Falcão disse:

    Você também matou a parada do momento, brbrbrbrbr frio! Essa noite tive que usar meias, sou beeeem friorenta:(((. Mas sopa gostosa eu como em qualquer tempo, uai! Se der sopa eu tomo sopa o dia inteiro, hahahahaha. Deus sabe o que faz e veio um marido que não é tão chegado assim, no máximo um caldo verde… Ai meu Deus, já tô aqui morta de vontadinha, avisa lá para a sua Mamy que ela “matou”, rsrsrsrs. Sopa de inhame com alho poró e azeite, yumi, yumi, yumi.

    Curtir

  • Nando Reis (Nanã) disse:

    Eu adoooro fazer e/ou tomar sopas, independente do clima, afinal, se tiver muito calor, dou um tempo e caio num banho refrescante, mas, da sopa, não abro mão. Miss you!

    Curtir

    • Katita disse:

      E eu não sei, Nanã?
      Estava pensando em você e te reenviando a proposta do casório de Mônica!
      Estarei com sua irmã e sua sobrinha hoje às 17h aqui no aconchego do meu lar. Vou fazer frapê de pinha para elas!
      =)
      Amor,
      K.

      Curtir

  • Camilla disse:

    Eu adooooooro sopas e cremes, “da mamãe” então nem se fala!!! Essa receita eu vou fazer hoje, chegando em casa! =)

    Curtir

  • Mariane disse:

    Hummm, eu amo uma sopinha!

    Beijo

    Curtir

  • Nani Andrade disse:

    O frango já ta na panela de pressão…

    Curtir

  • Marisa disse:

    Katita, minha amiga.(“Intimííííssimannn”)

    Aqui quando o bicho pega assim em julho, agosto…A umidade e o inferno chegam aos 42ºC-43ºC… UMIDADE!!!
    Já mencionei? Agora imagina o cabelo tóin-óin-óin no calor e UMIDADE. LINDA? Só dá eu e o frizz.

    Curtir

    • Katita disse:

      KAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKA!
      Ui, socorro, me assopra!
      Marisa, eu tive uma crise aqui com teu frizz, viu gata? Ai, ai, ai… grata pela gargalhada sonora!
      Beijo, lôka.
      K.

      Curtir

  • Liane disse:

    Quem arrasa é vc né mulher? Curso na Perini??… ta boa nê nega!! Super sucesso.
    bjs
    Liane

    Curtir

  • Tata disse:

    sabe como minha mamis faz? [e eu faço, mas tb não fica igual?]

    cozinha bastante cebola junto com a abóbora. bate tudo no liquidificador, põe sal e um fiozinho de azeite.

    nhamy!!! deu vontade até!!!

    *smack*

    Curtir

  • Ana Mendes disse:

    Nossa, aqui em Ctba está mto frio, eu já usei blusa de gola e casaco de lã…essa sopinha seria perfeita pra ocasião. Com esse tempinho não dá nem vontade de sair de casa….bjs

    Curtir

  • Karla Maria disse:

    Hummm, essa sopinha delícia combina com a tarde chuvosa que tá aqui hoje.
    Bj

    Curtir

  • Liane disse:

    Katita,
    Faço algo bem semelhante só que a minha depois de cozida a abóbora e batida no liquidificador vc acrescenta queijo gorgonzola e creme de leite fresco mexe até derreter o queijo, fica de comer de joelhos. Aqui em casa o povo come até fria com torradas.
    beijocas
    Liane

    Curtir

  • Priscila Prestes disse:

    To muito feliz que vc postou isso hoje. Advinhou meus pensamentos.
    Eu comprei um pedaço aqui e tava pensando: “como será que faz sopa de abobora hein?”
    O detalhe mais bacana é que eu estou ali cozinhando um peito de frango para virar patê e ja tava pensando no que fazer do caldo dele…Nao foi pra mim o post nao?
    adorei a nova casa.

    Curtir

  • Nanda( a da ladeira da Barra) disse:

    Juro que pensei hoje de manhã: preciso aprendre a fazer sopa..Já aprendi marromeno a fazer bolo( de banana, maça, “normal” etc..), tá faltando só a sopinha para deixar minha casa com uma cara incontestável de casa boa!
    Tks, princesa;)

    Curtir

  • Marisa disse:

    Katita!

    Eu vou ter que esperar o outono aqui, porque benhê…Houston ferrrrrrrrve no calor, mas…ADOREI a receitinha da sopitcha!

    Um beijo grande!
    Marisa 🙂

    Curtir

  • Joy_UK disse:

    Ai que fechacao! Adoooro sopinha de abobora 🙂

    Sabe o que eu adorei? A serie “matadoras da mamae” hahaha amei!

    Curtir

  • ISABEL disse:

    Que delícia, Katita ! Aqui em casa também é assim, bateu um ventinho tem sopinha/caldo no jantar. O preferido é o de mandioquinha, mas o principio é o mesmo…..

    Curtir

  • Fábio disse:

    Sopa é muito bom… lembro de um restaurante em Brasília que a noite só servia caldos e tinha de todo tipo, era muito bom…

    Curtir

  • manoela disse:

    Mmmmmmmmmmmmmmmm que delícia!! Que saudade do inverno dos pampas! :o(
    Pelo visto vai demorar ainda pro frio chegar por aqui!
    Acredita que minha sopa é igual a da tua mãe? Sucesso de bilheteria! Só difere em uma coisa, truque que deixa ela mais cremosa: 1 colher ou 2 (depende da quantidade) de nata fresca!
    Puxo umas rodelinhas de alho poró no azeite d eoliva tbm.
    Nhamnham!!!
    bjs
    ps- acredita que achei cadeiras medalhão vintage divinas no finde?!!! Tô muito feliz! Agora é só aguardar e reforma…

    Curtir

    • Katita disse:

      Sim, Manoela, sem dúvida um bocadinho de alho poró e uma colherzinha de nata dão um super glam na receita básica.
      Que bom que você encontrou as cadeiras que tanto queria! Arrasa na reforma!
      Beijo,
      K.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Sopa de abóbora da mamãe no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: