O quarto do filho

1 de março de 2011 § 63 Comentários

Ai, que saudade do meu canto! Sabe o que foi? Passei dois dias arrumando o quarto de Bento; não só isso, claro, mas principalmente. Daquelas arrumações que a gente faz de dois em dois meses, sabe como? Aproveitei que ele arrastou tudo de baixo da cama para procurar o cocar do apache Playmobil, respirei fundo e encarei.

Não é boa idéia fazer uma arrumação como estas na presença dele porque eu retiro o que considero lixo do quarto e quando olho para o lado o lixo já voltou para a estante, porque TUDO tem uma explicação, né? Inclusive a bexiga murcha. Daí é assim: no início eu sou toda condescendente, toda trabalhada no discurso do respeito ao guri, mas 4 horas depois de separar miudezas com o dedo indicador toda envergada no chão, eu enlouqueci. Sim, gente, porque chega uma hora que dá vontade de chorar, juro por Deus. Mas, enfim, despachei ele para a natação e segui na minha missão de tornar o quarto do meu filho habitável.

Bento é um guri alucinado por miniaturas. Ele adora manipular cidades inteiras, reinos e mares de Playmobils, Legos e afins, e como se não bastassem as centenas de pecinhas que vem nestas malditas caixas, ele ainda vive com os olhos fitos no chão colhendo pedrinhas, sementinhas, pauzinhos e o diabo a quatro para compor o seu universo miúdo. Um infeeeeeeerno! São caixas e baldes e sacos cheeeeeeeeeeios de coisinhas miúdas; são tantas coisinhas miúdas… e quando eu digo miúda é miúda mesmo.

Bom, por onde eu começo? Respirando. Respirando e mentalizando a luz azul da paz espiritual (kakakakakakakaka). Depois eu apelo para a lei amiga do agrupamento para arrumação. Reservo caixinhas e sacos para os grupos: universo Playmobil, universo Lego, universo Carros da Pixar, universo Thomas e seus amigos (ô desenhozinho ruim, viu? Deus é mais!), universo Hot Wheels, universo dinossauros, universo jogos educativos (ódio de quebra-cabeças), universo brinquedinhos de quintal, brinquedos quebrados, inclassificáveis, doações, lixo.

Pronto, depois de horas brincando de agrupar, quando eu penso que cheguei na metade, me lembro do baú, das gavetas e dos armários. Abro morta. Pifo. Vontade de chorar de novo. Preciso de um tempo. Aborto missão. Volto amanhã.

Bento volta da natação curiosíssimo para dar uma batida no quarto e ansioso para colocar tudo do jeito dele. Encontra uma mãe descabelada com uma cara péssima resmungando pelo canto da boca: Be, hoje você não vai mexer no quarto, entendeu? Não até eu terminar tudo amanhã. Ele acha melhor obedecer, o que confirma que eu devia estar com a cara do cão de calçolão. Negociamos levar o universo Playmobil Pirata para o gabinete, e dá tudo certo.

Dia seguinte, hoje no caso, entrei no quarto com “uma quente e duas fervendo” e falei: vou terminar isso aqui AGUORA! Virei o baú no meio do quarto, agrupei de novo, mas não muito. A aquela altura as coisinhas de ponta de indicador foram para a pá de lixo sem pestanejar. O mesmo destino tiveram aquelas pecinhas soltas que ninguém sabe de onde se soltaram e que JAMAIS voltarão a cumprir suas funções; no dia anterior eu ainda tive o cuidado de juntá-las todas e colocá-las numa caixinha, mas hoje amiguinhos, catei a caixinha, juntei todas as demais pecinhas infernais e mandei tudo pro lixão, sem dó nem piedade. Ah! Tá boa?

Acabei agora há pouco. O quarto está escândalo, com um saco de lixo e um de doações a menos. Já tô vendo quando ele chegar amanhã da casa da vó. Vai dar gritinhos de alegria. Ele adora quarto arrumado, mas arrumar que é bom…

§ 63 Respostas para O quarto do filho

  • Renata disse:

    Kátia, ainda bem que percebi que não é só comigo que acontece…rs…rs..Meu filho Rafael (6 anos)é igualzinho ao Bento! Mil pecinhas disso, daquilo e quando sai ainda cata pedrinhas, pauzinhos, latinhas e uma infinidade de coisas que só servem para aumentar a bagunça! E o pior…é que tenho uma filha, a Raíssa (vai fazer 4 anos a semana que vem)..está no mesmo caminho…sai juntando figurinha, copinhos, pedrinhas e sem contar com as flores ..que ela AMA! Então quando saimos é um tal de catar florzinhas…e colocar em potinhos com água…Isso é bom, pois desde pequena ela já tem um quê…de “rainhas” , ou melhor, de ptéu, né? A não ser quando resolve deixar as florzinhas espalhadas pelo chão em meio aos outros minúsculos brinquedos! Deus é mais!!!!rs…

    Curtir

  • Larissa disse:

    Hoje eu ia passar por isso, mas daí o maridão ficou com pena de mim e fez o trabalho, mas quando entrei no quarto todos os brinquedos que não cabiam em caixas, gavetas estavam entulhados, o pequeno olhou pra mim e disse: mãe vc vai arrumar meu quarto né…enfim, sorte que as separações já foram feitas, e o meu pequeno ainda coleciona revistinhas e livrinhos e minilivrinhos e recortezinhos e lapis, canetinha, giz de cera, ódioooo

    Curtir

  • Linea (Lynn) disse:

    Muié, eu ri muuuuito com esta tua aventura arrumativa, porque eu passei pela mesma em versão feminina ! Inclusive fiquei pasma porque minha filha tem o MESMO baú que Bento tem, só que esta tampa curva se mostrou algo muito pouco prático, sabe ? Antes eu tivesse comprado com a tampa reta ! Daria pra colocar algo em cima ! Então, a versão dos brinquedos femininos tamanho mini são as malditas Pollys e tudo que é do seu universo ! Roupinhas, sapatinhos, óculos, do tamanho de uma unha de bebê ! E vai a gente sumir com isso ! É uma reclamação só ! “Mãe, vc jogou fora o sapatinho dela !” ( Aquilo era um sapatinho ?!)Faço o mesmo que vc : despacho a criança e faço a limpa. E quanto aos quebra-cabeças : compartilho o ódio, menina ! Teve um aniversário em que a Vitória ganhou nada menos do que 7 caixas. Imagine ! Pelamor !!! A próxima etapa é tirar das caixas e colocar todos naqueles saquinhos vac-freezer com etiqueta por fora. Quando ela encher o saco( se é que já não encheu ), migro todos eles para a escola em que trabalho : tem sempre uma criança precisando quebrar um pouco a cabecinha…rs…. E sobre o Thomas e seus amigos : SEM PALVRAS ! Acho que só Teletubbies conseguia ser tão ruim quanto. Bjs !!

    Curtir

    • Katita disse:

      Lynn, sabe o que eu acho legal no fato do baú ter a tampa convexa? Cbe mais coisa dentro, comadre!
      Olha, eu não entro numas de colocar em saquinho com etiqueta mais não, viu? Coloco todas as peças soltas numa caixa só e ele que quebre a cabeça dele e separe se sentir esta necessidade. Tá doida?
      Filho é babado, né minha irmã?
      =)
      Beijo,
      K.

      Curtir

  • Diane Lorde disse:

    Olha, arrumar quarto de filho é uma saga, eu que mal arrumava meu próprio quarto agora tenho arrumado diariamente para não virar uma sucursal do fim do mundo e além do que estou aprendendo a revesar os brinquedos para que não fiquem todos esparramados e dê ainda mais trabalho para organizar, há e quanto ao dono do quarto também já esta entrando no esquema da arrumação, porque se ficar igual ao pai no quesito bagunça, estaremos perdidos!

    Curtir

  • Manu disse:

    Rá rá rá!!!
    Agradece por vc não ter filha mulher, Katitaaa!!!
    Sabe o q q eu e minha irmã fazíamos??? A gente usava a escada que dava pro terraço da casa pra fazer “a casa da Barbie” 16 degraus, cada um era um cômodo: banheiro, quintal, sala de estar, quarto, escritório… lógico, isso somente se sexta-feira até domingo (que eram os dias q mamãe liberava pra escada hahaha)… e HAJA pecinha de Barbie!!! Ri mto com esse post e lembrei da minha infância… época boa!!!
    E ah! A dica do alho raladinho na maionese é delicia!!! Meio picante, mto bom!
    bjbjbjbjbj
    manu

    Curtir

  • Val Leaubon disse:

    Jesus Amado! Quem sabe depois que o Carnaval passar eu não seja movida por esse furacão “arrumação” e faça uma dessas no quarto da minha filha e nas minhas coisas tb? A gente acaba se apegando a tantas coisinhas que fica difícil nos desfazer, né??

    Viajo amanhã, portanto ótimo feriado pra todos!

    bjs no coração.

    Val

    Curtir

  • Biba Arruda Marques disse:

    sei bem querida do que esta falando, dei ótimas risadas. Descriçao perfeita!

    Curtir

  • ana cristina disse:

    me deu ate coragem pra começar aqui, só que são dois quartos!Um cheio de leguinhos, e o outro cheio cheio de polly com suas roupinhas minusculas, acho que não dou conta!!!!

    Curtir

  • Karla Maria disse:

    Ka,
    vivo em pé de guerra com o meu Bê por conta das partes minúsculas dos Legos. Ô diacho de brinquedo que me enche o saco porque a cada lançamento as peças diminuem. Como ele sabe de onde são TODAS as peças minúsculas, e tenho uma secretária sem muita paciência, ele já sabe que se não guardar vai pro lixo, diferente da babá dele que guardava tudo e ele separava depois. Ai tem dado certo.
    Bjks

    Curtir

  • Rita Germanos disse:

    Eu tenho que organizar as coisa do maridão, são os briquedos que ele coleciona, revistas que não podem ser jogadas fora nem doadas, revistas em quadrinhos, peças da moto, roupas e acessórios da moto, ufa! parece que essas organizações não tem fim….

    Curtir

  • Eliane Dourado disse:

    Katita, hoje eu não aguentei…chorei…mas aquele choro de verdade, saído da alma!!! Estava eu lá fazendo o almoço, numa correria que só por Deus, eis que minha linda princesinha falante de 4 aninhos, que adooooooooooora espalhar seus brinquedinhos minúsculos, ficou quieta, aquele silencio me deu arrepio na espinha, pensei logo no quartinho todo arrumado que consegui com tanto esforço, após o jantar do dia anterior, enquanto o papai a ninava no sofá…aiaiaiaiai…o que eu temia era verdade…gente do céu…como essas crianças conseguem colocar o mundo a baixo em fraçoes de segundos!!! Fiquei louca, só pode ser alucinação…”Pode guardar tudo filha…Já está na hora de se arrumar pra ir ao colégio! – Não posso mamãe…fazer bagunça eu sei, mas guardar eu não sei sozinha…”…sentei na porta do quarto e chorei…

    Curtir

  • Deise disse:

    Nossa, ri e chorei ao ler tudo isso ai K. Me lembrou das fases idas há muiiiito tempo dos meus filhotes..rsrs
    Hoje em dia, qdo vou visitar meu neto em Sampa, arrumo as tranqueiras dele…TEm realmente muitas coisitas miudas e detalhe, ele fica desesperado para que eu não jogue fora…rsrsrrsrsrs
    Ele tem 7 anos, quase um rapaz….! /temos que aproveitar bastante, pq daqui a pouco essa fase passe e ai, vem outras…!!!! bjkassss
    De ♥

    Curtir

  • vera m disse:

    Conheço o tipinho…..é dos meus….Deus está nos detalhes!!!!!!!!!!!!
    Eita garoto inteligente!!!!!!!!
    Vai ser arquiteto!
    bjo

    Curtir

  • Carine disse:

    Indentificação total! rsrs…Tenho 2 meninos que a-do-ram Lego e afins, não têm olhos pra nenhum outro brinquedo, as caixas empilham, a gente pisa nas pecinhas, pra juntar então, só usando a pá, mas…qdo eles montam cidades, fábricas, etc a gente morre de orgulho! bjs

    Curtir

  • Carol disse:

    Gente que filho é tudo igual eu sabia, pois sou mãe de duas, e irmã bem mais velha, mas que mãe também se desespera tudo igual, é muito engraçado!!
    E o marido e vcs, junta papelzinho?? Aqueles 500 papéis muito importantes?? Eu fico louca!!

    Curtir

    • Katita disse:

      Carol, EU junto papelzinho, mas não sei como. Porque eu ODEIO papelzinho com todas as minhas forças, mas eles se multiplicam à noite enquanto durmo, eles invadem a minha vida sem que eu permite! Um abuso esses papeizinhos!
      =O

      Curtir

  • Nanda( a da ladeira da Barra) disse:

    Ká,

    Será que Bentinho é um forte candidato à Angela Chaves do amanhã?

    http://www.youtube.com/watch
    v=kR7MJOOqDEY&feature=related

    Ela é professora de inglês e, creio, a maior colecionadora de miniatura da Bahia. Fui numa exposição na casa dela, uma vez, e o coquetel era todo de comidinhas do tamanho de moedas ;0. De pirar o cabeção.

    Curtir

  • Te entendo perfeitamente e passei por isso nas últimas férias.E confesso, não consegui terminar!!! Dá desespero só de pensar…

    Curtir

    • Katita disse:

      Renata, meu bem, eu queria ter esse desprendimento. O máximo que ue consigo fazer é dar um intervalo, mas não consegeria viver em paz com essa pendência, essa sensação de coisa incompleta. Eu sou doida.
      =)

      Curtir

  • anavic disse:

    Katita, você é o máximo!!
    Eu tenho 2 filhas de 4 e 2, logo é o dobro de tranqueirinha!!! Como já disseram, sapato de Barbie, roupa da poli, pente, fivela, panelinha, panhelinha e panelinha… Você arruma de 2 em 2 meses, eu me limito a comprar caixas plásticas, guardar os brinquedos por assunto e empilhar as caixas… Aposto que no seu relato voCê esqueceu dos brinquedos que acompanham as massinhas… Meu deus! AS massinhas ficam duras e vão para o lixo, mas os moldes, rolinhos… Ufa… A FILHA maior fez aniversário domingo e ganhou um caminhão de brinquedo…
    É por essas e outras que para os amigos de escola e os filhos de amigos eu só dou de presente ROUPA!!!

    Curtir

    • Katita disse:

      Ana Vitoria, minha irmã, como é que eu esqueci do inferno das massinhas?
      Para bebê eu dou roupa, mas para crianças a partir de 3 eu gosto de dar livro, jogo,CD e DVD. Na hora eles não ligam, mas lá na frente faz toda a diferença.
      Beijo na prole feminina!
      =)
      K.

      Curtir

  • Patricia Sato disse:

    Katita,

    Dei esse post para minha mãe ler e ela se identificou muito com ele, pois eu também era a rainha da miudeza. Boneca grande nem pensar, o meu negócio era miudeza mesmo. Na minha época eram as fofoletes, brinquedinhos que eram miniatura de eletrodomésticos, eu tinha de um tudo, bem miúdo kkkk, tinha partes da casa da Elka, pequenas tb.. Sem contar a minha veia lixeira kkk pois eu tb pegava tudo que era pequeno e não tinha valor e jogava no meu baú.
    Essas arrumações como essa sua rolavam lá em casa duas vezes por ano, janeiro e julho. E sempre qdo eu não estava em casa…. minha mãe até chorou kkkkkk kkkkk
    Fico imaginando se na minha época existisse a Polly e seus cacarecos………….
    beijos, gata.

    Pati Sato

    Curtir

  • Nando Reis (Nanã) disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. ai que saudade desses relatos e histórias tão pessoais e reais, contados dessa forma única que você tem em dividir com a gente em forma de palavras. pra mim, que te conheço tanto, é mesmo que tá ouvindo você falando o texto desse post. rachei o bico de rir. (meu primeiro comentário aqui na cozinhafetiva, mas, venho acompanhando desde sempre). …e ó! o meu amor por você não tem tamanho, não está preso ao tempo nem espaço. o segredo da felicidade está na família e nos amigos incríveis que tenho. continue assim, trilhando sua estrada do lado ondem habitam as flores e cheio de sol com vento fresco e muita água de moringa.

    Curtir

  • Chá disse:

    Nossa, amo esses relatos.Me fazem ficar com mais e mais saudades dos meus sobrinhos amados e distantes! Eu tenho brinquedo que eram meus ate hoje, guardados!kkkk E guardo algumas miudezas dos meus sobrinhos.Beijos Katita!=))

    Curtir

  • Luiza Sampaio disse:

    katita, querida!
    kkk… e pensar que daqui a mais dois meses ta o mesmo inferno de novo, ne nao???
    Alice tb é a rainha das miudezas e das “turmas”… affeee, de enlouqucer! Aqui coloco tudo naquelas pastas transparentes com feiche, etiquetadas, mas tem hora que nada adianta…
    Agora pra te consolar: pense a loucura de desarrumacao que é com dois filhos??? a bagunça piora… e como!
    beijo, tinindo de arrumaçao,
    Luiza

    Curtir

    • Katita disse:

      Amiga, como assim dois meses? Muito menos! Dois meses a coisa vai estar punk no máximo, mas daqui a um, boneca, já tá babado!
      Meu amor, você me consolou bastante me lembrando que tem dois bichinhos desse em casa, obrigada!
      =)
      Beijim,
      K.

      Curtir

  • Dily disse:

    Oi Katita !
    Eu tô criando coragem pra arrumar uns trocentos baús, sacos, sacolas, bolsinhas, malinhas e tudo o que é “porcari-INHA”, da Nicolizinha, hehe, tu tem um guri, eu tenho uma guria, tu já parou pra prestar atenção no tamanho dos sapatos, secador de cabelo, pentes, e outras tchutchukebas da Poli, Barbie, princesas e cia. limitada? Eu te juro que eu queria virar caçador da branca de neve para emparedá-las todinhas e meter bala em todas elas, uhuauhua, acho que estou ficando maluquinha. Já tinha até decretado regra de que se entrasse um brinquedo sairiam 2, mas tem gente sabotando minhas regras, ou então agora brinquedo virou planta, brota, brota, a terra aqui deve ser uma beleza, porque guria, a plantação de cacarecos tá grande.
    Beijos e sucesso na nova cozinha.

    Curtir

    • Katita disse:

      KAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKA, ai Dily, tamo junta, viu gata? Eu achei, inclusive uns pentinhos da Poly que alguma coleguinha de Bento esqueceu aqui, e realmente são beeeeeem miudinhos.
      Força nas nossas perucas, companheira!
      =)
      Beijo,
      K.

      Curtir

  • Liane disse:

    K.
    Só muda de endereço no nosso caso de estado tb…rs!
    Como mãe de um pequeno de 7 anos, compartilho e entendo o “surto”…Rs
    bjs

    Curtir

  • Joana Freire disse:

    Eu já fico sem paciência com as coisas que Maria vai deixando pra trás. Minha neném ” arruma” a estante… DVD’s , pastas, revistas, tudo virado do avesso. Imagina qdo chegar nessa idade… eles são lindos…mas é lenha.
    Bjs pra Bento.

    Curtir

  • Tania Zagari Gonçalves disse:

    Te entendo muito bem. Apesar de poder ser “quase” bisavó (pela idade) do Bentinho, sei muito bem o que é isso. Já passei com filhos e com netas (maravilhosas, que fazem isso na minha casa, além de fazer na casa delas – a mãe, minha filha, se desespera, e talvez entenda porque eu ficava tão nervosa na época dela). Acompanhei vcs muito tempo (Rainhas do Lar), e vou continuar te acompanhando. A tua energia é muito grande. Obrigada.
    Tania (vulgo Vovó Totonha).
    Bjos

    Bjos

    Curtir

  • Dricka disse:

    Nêga, meu quarto também tá precisado de uma faxinona dessas, preciso me desapegar de revistas, alguns livros e dos zilhões de recortes de receitas. Affe!!
    P.s.: Olha que coisa louca, essa noite sem ter nem porque eu sonhei contigo, de ouvir tua voz e tudo, rsrsrs. E menina, em meu sonho vc tinha se mudado pra uma casa que era a chiqueza em forma de concreto, pra vc ter uma idéia do chique todo, o Fábio Assunção e a Débora Falabella estavam usando o seu quarto mega luxo para como locação para um filme. Rsrsrsrs. E a entrada da tua casa então? De encantar Niemeyer!!! rsrsrs
    Bjs

    Curtir

  • Luciana disse:

    Ai Katita, eu ri moooooito com este seu post, porque TAMO JUNTO hahahaha! Agora meus dois cresceram, o mais velho tem 12 e o menor tem 8 e a quantidade de cacarecos diminuiu consideravelmente. Agrupar, agrupar, taí o segredo da coisa. Ah! E eu tinha uma caixa só para as miudezas ‘inagrupáveis’ rsrsrs… Bjs

    Curtir

  • Lela disse:

    Katita…!!! Aqui em casa é assim também…técnica: agrupar…Como juntam pecinhas, heim??? Vou te contar!!! De onde saem taantas miudezas? Também junto as pecinhas e itens não identificados em uma caixnha pra depois ver se descubro onde / a quem / a o que pertencem…
    Caaaansa, né? Mas o resultado final compensa. Acho q o Bento deve ter adorado o quarto “nos trinques”! (essa é velha, heim?)
    Ah, adorei o novo cantinho, sucesso sempre!
    bjs
    Lela

    Curtir

    • Katita disse:

      Lela!!!!!!!! Adorei você aqui. =)))))))))))))))))
      Não se preocupe, você está no Pitéu! Adoro expressões do arco da velha, e você mandou super bem com “nos trinques”!
      Quantos filhos você tem, flor? De quantos anos?
      Beijo enorme, querida.
      K.

      Curtir

  • Lala disse:

    kkkkkkkkkk posso falar katita? nao vejo a hora de ser mae! ô bencao viu! ainda mais de um fofuxo como bentinho. Ate hoje tenho pena pelo carrinho que ele perdeu pra tua vizinha insensivel haha

    Curtir

  • luciana disse:

    kkkkkkkk…morrendo de rir. post ótimo. Compartilho meu total desprezo ao desenho Thomas e seus amigos, pense num desenhinho besta. Pra mim o melhor desenho pra crianças 2 – 6 anos, é Charlie e Lola, ótimo, educativo e divertido. todo dia tento fazer com que Benjamin esqueça aqueles super-heróis violentos, Charlie e lola é uma pedida. A-M-E-I Katita.(ele esta aqui as voltas com uma mega pista ultra-blaster do hot wheels que ganhou de aniversário e a fantasia de batman do carnaval)me acabo com esses bês.

    Curtir

  • Roberta disse:

    Ai Katita, filho é tudo igual né??? Nessas horas realmente eles não podem estar perto senão a gente não consegue fazer nada…. e tem que praticar o desapego sem dó nem piedade senão a gente só troca as coisas de lugar…..kkkkkkk Isso vale para nós adultos principalmente!! Tô adorando o novo blog! Bjcas p vc e pro Bento de quarto novo!! Ah também tenho pânico de quebra cabeça…

    Curtir

  • Joy_UK disse:

    Morri de rir agora viu? Nao, lindona, nao to rindo da desgraca alheia mas eh que vc conta as coisas de um jeitinho tao especial…nao tive como nao rir…Bentinho eh um danado ne? Oh menino fofo! Eu sou apaixonada por ele 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento O quarto do filho no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: